A dádiva de ser mãe!

Da Redação em 11 de Maio de 2018

Em dias de inspiração um bom texto para homenagear as mães falaria em rosas. Amarelas, brancas, vermelhas, buquês bem montados, delicados e perfumados. Em dias de realidade, texto para homenagear as mães tem que falar em fortaleza, em competência, capacidade, inteligência e delicadeza, que apesar de tudo, elas não perdem nunca, essa forma gentil e amável de cuidar dos filhos, mesmo diante dos desafios que se impuseram a elas nos dias atuais. 

Quem escreve, quer algo lá do fundo, quer saber como funciona a engrenagem para poder contar a história. Vai tirar de uma mulher o que ela tem lá no fundo pra conseguir tanta força assim? Tarefa difícil, talvez impossível para nós, relés escritores mortais. 

Mulher é poderosa, tem a capacidade de, com um único sorriso meigo, ajoelhar um homem aos seus pés. Depois, ela cuida desse homem e dele recebe a maior dádiva que uma mulher pode ter, a de conceber um filho. Nesse meio tempo teve o marido para cuidar, o trabalho para encarar, na rua e em casa, a família aumenta e ela ali, nem se preocupa com o aumento do trabalho. 

A inteligência de uma mulher é coisa fantástica. Ela enxerga onde muitos homens não conseguem sequer divisar uma nuvenzinha. Os problemas, esses quem resolve são elas, os homens são nervosos demais pra isso. Elas não. São mais tranquilas, conseguem pensar, somar, subtrair, dividir, multiplicar e chegar ao denominador. 
Mas, mexe com ela, testa essa paciência toda e experimenta tirá-la da calma. E se mexer com sua cria então, aí piorou, mulher zangada é um problema sério e difícil de resolver. 

Mulher é parceira, é companheira, é a figura mais adorada pelos filhos e digna de ganhar flores, beijos, amores neste domingo que se avizinha. Dia das mães é dia de comemorar a dádiva da vida e a vida daquela que tem essa dádiva, recebida pelo ser supremo que a gerou forte e poderosa. 

Dia das mães é dia de reunirem-se todos e fazer aquela festa para quem enxugou muitas lágrimas, embalou muitos sonos, acalentou com voz aveludada as esperanças e sonhos de seus filhos. Dia das mães é dia de carregar no colo aquela que não mediu forças para ter no colo a sua mais adorada criação.