Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
19 de Setembro de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Após idas e vindas, Corumbaense e Liga de Esportes fecham acordo sobre Arthur Marinho

Ricardo Albertoni em 03 de Janeiro de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

As partes chegaram a um consenso após mais de três horas de reunião

Representantes da LEC (Liga de Esportes de Corumbá) e do Corumbaense Futebol Clube, na presença do empresário e pecuarista Alfredo Zamlutti Júnior chegaram enfim a um acordo sobre a situação do estádio Arthur Marinho. Foram mais de três horas de discussões. Somente no final, o presidente da Liga, Leôncio Ribeiro Raldes, acompanhado de outros membros da entidade e o presidente do Corumbaense, Luís Bosco Delgado e dirigentes do clube decidiram pôr fim ao imbróglio que há meses preocupava os torcedores do “Carijó da Avenida”.

De acordo com o presidente do clube, o assunto foi resolvido da maneira que deveria ser, sem a intervenção do Poder Público, que não pode legalmente investir na praça esportiva após o fim do convênio no último dia 27 de dezembro. Na manhã desta quinta-feira, 04 de janeiro, o documento vai ser formalizado, porém, ao Diário Corumbaense, o presidente adiantou que o clube deve realizar o pagamento de R$ 10 mil mensais para a LEC, que também poderá explorar o bar do estádio nos jogos. Há também a possibilidade de cada uma das partes realizar eventos no local em seu próprio benefício.

“A situação foi tomando um rumo que não se chegava a uma conclusão, então, tentei direcionar para isso sabendo de antemão que não poderíamos contar com o Poder Público devido a essa lei que impede que o Município invista no estádio. Converso diariamente com o prefeito Marcelo Iunes e ele está seguindo a lei que determina que o Município não pode participar. Nós como pessoas adultas, diretores, presidentes de entidades, temos que chegar em um determinado momento e saber que temos que tomar a decisão. A responsabilidade não é da Prefeitura, é nossa e nós temos que resolver esse problema”, afirmou o dirigente do Corumbaense.

Outros detalhes do acordo serão conversados nesta quinta, entretanto, pelo que foi informado por Bosco, o clube poderá utilizar os alojamentos, gramado, como sempre aconteceu durante a administração da Prefeitura de Corumbá, que ficou à frente da administração da praça esportiva, por meio de convênio com a Liga, pelo período de 10 anos.

O presidente da LEC, Leôncio Raldes destacou que a proposta acordada atende as necessidades do Corumbaense e da Liga e confessou que tira um peso dos ombros. “Decidimos em comum acordo pela parceria e trabalharemos juntos. O Corumbaense vai usar o estádio e a LEC será parceira. Entendemos que a proposta atende os dois lados e saímos satisfeitos. Desse jeito, o Corumbaense poderá jogar em Corumbá e o estádio estará de portas abertas. É um peso que já estava em nossos ombros há muito tempo, já que esse assunto passou de onde deveria, mas agora é começar a pensar daqui pra frente”, desabafou Raldes.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Reunião aconteceu na sede do Corumbaense e acordo vai ser formalizado nesta quinta-feira

Por fim, Bosco agradeceu o apoio do empresário Alfredo Zamlutti Júnior ao manifestar a sua vontade de ajudar o clube junto à Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul e reiterou o apoio que o prefeito Marcelo Iunes tem dado ao esporte da cidade.

“Agradeço a presença do senhor Alfredo, amigo particular, uma pessoa que se colocou de maneira aberta para tentar acabar com esse impasse e veio à Corumbá. A gente sabe que com todas as diferenças de pensamento, ele quer o bem de Corumbá, do Município e do prefeito Marcelo Iunes a quem agradeço de coração  e dou os parabéns porque normalmente o político gostaria de explorar uma situação como essa e não é o caso dele. O prefeito Marcelo Iunes já tem nos ajudado muito, inclusive sancionou a lei que foi enviada pela Câmara Municipal que oferece recursos para o futebol de Corumbá. Essa é mais uma demonstração de compromisso com o prefeito de querer ajudar o futebol da cidade”, lembrou Bosco ao lembrar do apoio financeiro de R$ 840 mil que o Município dará ao Corumbaense para que participe de três competições nacionais (Copa Verde, Copa do Brasil e Brasileiro da Série D) e do Campeonato Estadual.

LEC e Corumbaense vão assinar na manhã desta quinta-feira, no estádio Arthur Marinho, o documento que formaliza a parceria. Como informou o presidente do clube, após a assinatura, o pensamento será direcionado ao futebol e às participações do time nas quatro competições em 2018.

“Em função de tudo isso até hoje eu não falei com meus jogadores, não fiz nenhuma reunião com eles. Preciso dar uma satisfação e agora a gente pode chegar  lá de ombro erguido e mais sereno e dizer que temos que jogar, fazer bonito, trabalhar, para ganhar esse Campeonato Estadual, os jogos da Copa do Brasil e avançar o quanto for possível, além de participar bem da Série D e a Copa Verde gerando frutos para que novos recursos venham”, finalizou Bosco.

Em relação à informação de que o Arthur Marinho não foi doado à LEC pelo Município, e o que existe é a concessão do estádio para a Liga de Esportes desde 1947, para que a praça esportiva volte a ser administrada pela Prefeitura, seria preciso a extinção da Liga ou a comprovação de que a entidade não tem condições financeiras de gerir o estádio. A LEC também tem a opção de devolver o estádio ao Município, mas esse assunto ficou em aberto, podendo voltar a ser discutido futuramente. 

 

Saiba mais

04/01/2018 Corumbaense e LEC assinam contrato e Arthur Marinho será a casa do Carijó em 2018

03/01/2018 Dirigentes chegam a um consenso e Corumbaense vai jogar competições no Arthur Marinho

01/01/2018 LEC afirma que propostas do Corumbaense "não atendem" as necessidades da liga

31/12/2017 Ex-presidente da FFMS e do Corumbaense entra na "briga" para que time jogue no Arthur Marinho

31/12/2017 Sem acordo, Corumbaense vai pedir à Prefeitura ação judicial para retomar Arthur Marinho

27/12/2017 Prefeito entrega chaves de estádio e torce por entendimento entre LEC e Corumbaense

27/12/2017 LEC faz vistoria no Arthur Marinho e quer definir administração conjunta com o Corumbaense

26/12/2017 Convênio chega ao fim e presidente da LEC não aparece para receber chaves do Arthur Marinho

22/12/2017 Prefeitura inicia processo de entrega da administração do Arthur Marinho à LEC

13/12/2017 Construção de estádio não vai tirar recursos de outras áreas, explica prefeito

13/12/2017 Arthur Marinho será entregue com laudos em dia e em condições de receber jogos, diz Marcelo Iunes

29/11/2017 Com devolução do Arthur Marinho, prefeito determina estudos para construção de estádio municipal

06/10/2017 Após decisão da LEC, Prefeitura confirma entrega da gestão do Arthur Marinho em dezembro

04/10/2017 Maioria dos clubes filiados à LEC decide não doar estádio Arthur Marinho à Prefeitura

28/09/2017 Prefeitura oficializa pedido de doação do Arthur Marinho e aguarda decisão da LEC

18/08/2017 Ainda sem acordo com a LEC, Prefeitura já estuda antecipação da entrega do Arthur Marinho

09/08/2017 LEC ainda não se posicionou sobre municipalização do estádio Arthur Marinho

07/07/2017 Prefeitura precisa de parceiros para garantir adequação do estádio Arthur Marinho

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE