Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
25 de Abril de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Construção de estádio não vai tirar recursos de outras áreas, explica prefeito

Ricardo Albertoni em 13 de Dezembro de 2017

Está chegando ao fim um dos grandes imbróglios de 2017. O destino do estádio Arthur Marinho já foi definido. A principal praça esportiva, palco das duas grandes conquistas do Corumbaense Futebol Clube no Campeonato Estadual de Futebol, será administrado pela LEC (Liga de Esportes de Corumbá) a partir do dia 27 de dezembro.

A praça esportiva que receberia investimentos de cerca de R$ 3 milhões para sua ampliação e modernização,  através de emendas parlamentares junto aos deputados federais Zeca do PT, Vander Loubet, Elizeu Dionízio e Carlos Marun, graças aos esforços do ex-prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, falecido em novembro deste ano e do prefeito Marcelo Iunes, deve permanecer como está até que a LEC viabilize investimentos.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Iunes explicou que Corumbá pode ser contemplada com a construção do estádio municipal através de recursos do Ministério do Esporte

O prefeito Marcelo Iunes lamentou a decisão de não poder realizar as intervenções no estádio, já que por lei, a Prefeitura não pode realizar tal investimento em local que não esteja incorporado ao patrimônio municipal. A LEC é a dona do estádio e se recusou a fazer a doação ao Município. Por outro lado, Iunes destacou que os recursos que seriam destinados à praça de esportes foram revertidos para obras de infraestrutura do município.

Sobre o estádio municipal, que o prefeito já havia determinado à Secretaria Municipal de Infraestrutura a realização de estudos e levantamentos, ele adiantou que conta com o apoio do empresário e pecuarista corumbaense Alfredo Zamlutti Neto, que intermedia a reivindicação do município junto ao ministro do Esporte, Leonardo Carneiro Monteiro Picciani.

“Estamos tentando em Brasília, conversando com o ministro do Esporte através de um grande amigo nosso que é o empresário e pecuarista corumbaense Alfredo Zamlutti Neto, parceiro e amigo pessoal do ministro Leonardo Carneiro Monteiro Picciani que nos garantiu, que se tudo estiver certo com nosso projeto seremos contemplados com a construção do estádio municipal. Quero deixar bem claro que esse dinheiro virá do Ministério do Esporte e será destinado para tal. Ninguém está pegando dinheiro da Saúde, da Educação, para investir em estádio. Se não apresentarmos esse projeto, outro município vai fazer, então, vamos aproveitar essa oportunidade. Já temos espaço físico e pretendemos construir o estádio para 12 mil pessoas”, ressaltou o prefeito ao lembrar que a construção de um estádio com capacidade para mais torcedores é uma necessidade observada já na fase final do Campeonato Estadual deste ano.

“Nós temos um compromisso com a população de Corumbá, então, construiremos um estádio que atenda o torcedor corumbaense. Terá capacidade para 12 mil pessoas para que o time possa jogar semifinal, final e que acomode os torcedores. Tenho certeza que vai ficar pequeno o Arthur Marinho durante as finais do estadual,  jogos da Copa do Brasil e principalmente da Série D. Se vier um time de renome em Corumbá vai ficar pequeno”, afirmou ao considerar que nada impede que o Arthur Marinho continue recebendo jogos do Estadual, dependendo dos acordos que serão firmados entre clube e LEC.

O prefeito afirmou que está confiante na aprovação do projeto já em janeiro de 2018 e espera que as obras sejam iniciadas em março do próximo ano. Um dos espaços mais cotados para receber as obras é o do Parque Urbano Zumbi dos Palmares, localizado na rua Pedro de Medeiros, bairro Popular Velha, ao lado do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul. O local, tem área de 8,4 hectares e teve as obras iniciadas em 2009, segunda gestão do ex-prefeito Ruiter Cunha, que deve ser homenageado, por sugestão de Iunes, dando nome à praça esportiva.

“O nome Estádio Municipal Ruiter Cunha de Oliveira já sugerimos para que a Câmara aprove. Todos sabem da paixão dele pelo Corumbaense e merece essa homenagem como grande alvinegro que era . Esse é um dos motivos pelo qual  estamos fazendo esse projeto e com certeza, com a ajuda do ministro, vamos conseguir liberar esses recursos antes de março, porque precisamos dar a Ordem de Serviço antes daquele mês, pelo fato de ser ano político. À medida que isso aconteça, dentro de 10 meses estaremos com nosso estádio”, finalizou ao Diário Corumbaense.

Multiuso

Iunes explicou que uma das preocupações na montagem do projeto do estádio municipal foi de tornar o espaço o mais aproveitável possível em benefício da população, não somente em atividades voltadas para o esporte. Segundo o prefeito, há possibilidade de o local abrigar na parte de baixo das arquibancadas, além de alojamentos de atletas como no estádio Arthur Marinho,  postos de saúde e centros profissionalizantes voltados para a qualificação profissional.

 

Saiba mais

04/01/2018 Corumbaense e LEC assinam contrato e Arthur Marinho será a casa do Carijó em 2018

03/01/2018 Após idas e vindas, Corumbaense e Liga de Esportes fecham acordo sobre Arthur Marinho

03/01/2018 Dirigentes chegam a um consenso e Corumbaense vai jogar competições no Arthur Marinho

01/01/2018 LEC afirma que propostas do Corumbaense "não atendem" as necessidades da liga

31/12/2017 Ex-presidente da FFMS e do Corumbaense entra na "briga" para que time jogue no Arthur Marinho

31/12/2017 Sem acordo, Corumbaense vai pedir à Prefeitura ação judicial para retomar Arthur Marinho

27/12/2017 Prefeito entrega chaves de estádio e torce por entendimento entre LEC e Corumbaense

27/12/2017 LEC faz vistoria no Arthur Marinho e quer definir administração conjunta com o Corumbaense

26/12/2017 Convênio chega ao fim e presidente da LEC não aparece para receber chaves do Arthur Marinho

22/12/2017 Prefeitura inicia processo de entrega da administração do Arthur Marinho à LEC

13/12/2017 Arthur Marinho será entregue com laudos em dia e em condições de receber jogos, diz Marcelo Iunes

29/11/2017 Com devolução do Arthur Marinho, prefeito determina estudos para construção de estádio municipal

06/10/2017 Após decisão da LEC, Prefeitura confirma entrega da gestão do Arthur Marinho em dezembro

04/10/2017 Maioria dos clubes filiados à LEC decide não doar estádio Arthur Marinho à Prefeitura

28/09/2017 Prefeitura oficializa pedido de doação do Arthur Marinho e aguarda decisão da LEC

18/08/2017 Ainda sem acordo com a LEC, Prefeitura já estuda antecipação da entrega do Arthur Marinho

09/08/2017 LEC ainda não se posicionou sobre municipalização do estádio Arthur Marinho

07/07/2017 Prefeitura precisa de parceiros para garantir adequação do estádio Arthur Marinho

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE