Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
21 de Maio de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Caprichosos protesta contra a corrupção com bom humor

Rosana Nunes em 12 de Fevereiro de 2018

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Caprichosos de Corumbá, última escola a desfilar na primeira noite do Carnaval, elegeu a corrupção como mote para o enredo de seu carnaval em 2018.

A estratégia do carnavalesco Leandro Cavalheiro para trazer um tema tão denso para o desfile foi lançar de um clássico recurso: fazer rir. “Nós vamos debochar, não vamos realmente fazer uma crítica ao presidente, aos deputados de forma contundente apenas, mas vamos lembrar que, muitas vezes, temos atitudes corruptas e nem nos damos conta disso, comentou o carnavalesco ao destacar que os atos de corrupção estão mais presentes no cotidiano do que se possa se imaginar. “Sou professor também e o ato de colar na prova, por exemplo, é uma espécie de corrupção e que as pessoas nem sempre a tratam assim”, exemplificou.

Grêmio Recreativo Escola de Samba Caprichosos de Corumbá

Fundação: 29/09/2005

Presidente: Joana Baroméia Leite Rodrigues, a “Baroa”

Cores: azul, vermelho e branco

Carnavalesco: Leandro Cavalheiro

Enredo: “Debochar e libertar: a Caprichosos manda para os  quintos a ambição de quem não trabalha ou inventa o povo não sustenta”

Compositor do samba-enredo: Robinho da Caprichosos

Intérprete: Breno Adrison

Número de componentes: 700

Número de alas: 10

Número de carros alegóricos: 04 + 1 tripé

Componentes da bateria: 80

Porta-bandeira: Iwana Santos

Mestre-sala: Luís Antônio

Rainha da bateria: Geovana Bastos

Musa Gay: Brenda Balls

Mestre de bateria: Robson Adrison

Local de ensaios: Rua Delamare, 197, esquina com a Marechal Floriano, bairro Dom Bosco

Colocação em 2017: 2ª colocada no grupo de Acesso, com 158,1 pontos

Ordem de desfile em 2018: 5ª a desfilar no dia 11/02 (domingo)

Informações sobre fantasias: (67) 9-9896-5278

GRES Caprichosos de Corumbá

Samba-enredo: “Debochar e libertar: a Caprichosos manda para os  quintos a ambição de quem não trabalha ou inventa o povo não sustenta”

Autor: Robinho da Caprichosos

 

Virando o jogo, Brasil

Me faz sorrir e sonhar... Acreditar         (Bis)

Eu sou teu filho, não fujo à luta

Faz a justiça ecoar

 

Será que essa história não vai ter mais fim?

Se desde sempre foi assim

Eu me pergunto onde vai parar

De além-mar João traria

Toda ganância e covardia

Pra explorar, escravizar

E sem limites para me taxar

É o paraíso... Terra Brasil que tudo dá

 

Sacode Brasil, levanta a poeira

Vem caprichar nessa brincadeira.     (Bis)

A resistência é azul, branco e vermelho

O meu espírito é de onça, é pantaneiro

 

E foi pelo quinto que o ouro sangrou

Mas sou do pau oco, portuga sambou

Lá vai a madeira que me batizou

A amargura, a cana adoçou

A alforria não libertou

No abandono, negro chorou

Ôôôôô, ôôôôô

E o poder da coroa infame e velhaca

Hoje usa terno e gravata  (bis)

 

Saiba mais

14/02/2018 Campeã, Liesco e Prefeitura já miram no carnaval 2019

14/02/2018 Mocidade da Nova Corumbá se consagra campeã com enredo sobre o povo cigano

13/02/2018 Em 6 décadas de folia, Império do Morro não poupou luxo para homenagear carnavalesco

13/02/2018 Império do Morro encerra desfile celebrando 60 anos de fundação

13/02/2018 Imperatriz faz voz do "garganta de ouro" do Pantanal ecoar na passarela do samba

13/02/2018 Imperatriz homenageia Durvalino, o "garganta de ouro" do Pantanal

13/02/2018 Superando problemas, Unidos da Vila Mamona trouxe o medo para a passarela do samba

12/02/2018 Vila Mamona traz para a avenida enredo sobre o medo

12/02/2018 Festejando os 30 anos de carnaval, Marquês de Sapucaí prova que tem orgulho de sua história

12/02/2018 Marquês de Sapucaí comemora 30 anos de fundação

12/02/2018 Estação Primeira fez da passarela do samba palco para a dança de Ana Paula Honório

12/02/2018 Presidente da Liesco avalia grupo único como estímulo para as escolas de samba

12/02/2018 Estação Primeira inicia desfile e homenageia bailarina

12/02/2018 Caprichosos debocha da ambição em forma de protesto contra momento que país vive

12/02/2018 Acadêmicos do Pantanal reverenciou escola de samba mais tradicional de Corumbá

12/02/2018 Acadêmicos do Pantanal inicia desfile em homenagem aos 60 anos da Império

12/02/2018 A Pesada emocionou com poder do amor e da gratidão pela Cidade Dom Bosco

11/02/2018 Terceira a desfilar, A Pesada traz a Cidade Dom Bosco para a avenida

11/02/2018 Com magia e força do povo cigano, Mocidade encanta entoando “Optchá”

11/02/2018 Começa o desfile da "caravana da alegria" da Mocidade da Nova Corumbá

11/02/2018 Entre arte, fé e festas populares, Major Gama reverenciou Tanabi na passarela do samba

11/02/2018 Major Gama vem para a avenida reverenciar ativista cultural Tanabi

11/02/2018 Corte de Momo abre o primeiro dia de desfile das escolas de samba de Corumbá

11/02/2018 Esplendor do Samba vai premiar escolas em onze quesitos e melhor apresentação

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE