Fegasa chega a sua sexta edição evidenciando troca de conhecimentos e experiências

Lívia Gaertner em 30 de Novembro de 2017

Renê Marcio Carneiro/PMC

Renomados chefs participam da sexta edição do Festival Gastronômico

A sexta edição do Fegasa – Festival Gastronômico das Américas - começou nesta quarta-feira, 28 de novembro, com quatro aulas-shows e a abertura da praça de alimentação com os food trucks. Realizado pela Prefeitura  de Corumbá, por meio da Fundação de Turismo do Pantanal, o evento tem por objetivo proporcionar o intercâmbio e a integração de diferentes culturas, por meio da comida, com destaque para os ingredientes regionais.

Na área dos food trucks, a tradicional saltenha divide lugar com o hambúrguer de carne de jacaré acompanhados de um refrigerante de mate chimarrão que completam o “menu” com doces a base de bocaiuva, entre eles, o brigadeiro e o bolo no pote.

Na estrutura montada na mais famosa avenida da cidade, a General Rondon, os renomados chefs são as atrações. Cada um ao seu estilo, cativa os participantes mostrando que cozinhar requer técnicas e conhecimentos, mas acima de tudo, paixão.

Com seus dólmãs, vestimenta específica dos profissionais da cozinha, a seleção de chefs desta edição do Fegasa traz uma diversidade de ingredientes em receitas originais e também releituras de pratos tradicionais.

Durante a abertura oficial do evento que aconteceu na noite de quarta-feira, 29, no auditório do Sindicato Rural de Corumbá, a diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Maria Marju Azambuja Venturini, destacou o novo formato do Festival que incluiu em suas atividades o Circuito Gastronômico, uma competição de pratos entre estabelecimentos do ramo da alimentação na cidade. Ela lembrou ainda de uma característica que torna o evento mais especial ainda.

“O Fegasa é todo beneficente, as inscrições foram feitas com doações de latas de leite em pó que serão entregues para a pediatria do Hospital de Corumbá, assim como a verba arrecadada com o jantar beneficente a bordo de um navio 5 estrelas com menu dos chefs participantes, neste dia 1º de dezembro. É um evento totalmente social onde a intenção da gente é ajudar o próximo”, disse.

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, ressaltou o esforço que o Município desprendeu para tornar realidade mais uma edição do Festival Gastronômico, ainda mais em um ano de várias dificuldades, sobretudo de ordem financeira, que afetaram o calendário de eventos da cidade.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Chef Ivan Achcar tem programa no canal GNT e ensinou receita de tachada de feijão com pequi

“O Fegasa chega a sua sexta edição com muito sacrifício, estávamos pensando até em adiar. Seria outro evento adiado em Corumbá como aconteceu como o Pantanal Extremo, o Festival América do Sul, mas não podíamos perder mais esse. Então, já estamos articulando para que, ano que vem, o calendário de eventos da cidade se movimente a cada dois meses, a começar pelo Carnaval em fevereiro, o Festival América do Sul em abril, o São João em junho, a Feapan (Feira Agropecuária do Pantanal) em agosto, vamos retomar o Festival Pantanal das Águas em outubro com a pesca e o samba e, em dezembro, o Pantanal Extremo e o Fegasa”, afirmou ao planejar 2018.

Além das aulas-shows, o Fegasa está oportunizando a troca de conhecimentos com os mestres da cozinha local como na atividade realizada durante a manhã desta quinta-feira, 30 de novembro, quando participantes  foram conhecer o jeito tradicional de se fazer o famoso “bolinho de arroz”.

Os chefs também estão levando suas técnicas para projetos sociais da cidade como as unidades dos Centros de Referência em Assistência Social e demais projetos.

A programação do Fegasa, segue até este sábado, 02 de dezembro.

Reprodução

PUBLICIDADE