PUBLICIDADE

Grupo se mobiliza para entregar camiseta de MS para Bonner e Patrícia Poeta

Lado B/Campo Grande News em 21 de Maio de 2014

Uma campanha no Facebook quer entregar a camiseta “Mato Grosso do Sul por favor” aos apresentadores do Jornal Nacional. Ontem, ao noticiar a operação Ararathus, no estado vizinho, os âncoras disseram na abertura do jornal, que o governador preso por posse ilegal de arma era de Mato Grosso do Sul. Quando na verdade, a Polícia Federal encontrou uma pistola na casa de Silval Barbosa, governador de Mato Grosso.

A correção foi feita por William Bonner, antes da reportagem ser exibida. “O governador de Mato Grosso, e não de Mato Grosso do Sul, como eu disse erroneamente na abertura do Jornal Nacional”. Para sul-mato-grossense, retificação nenhuma conserta o constante deslize de trocar Mato Grosso do Sul por Mato Grosso.

Defensora do nome do Estado nas redes sociais, ontem mesmo a advogada e criadora da página “I Love MS”, Mariana de Barros, de 36 anos, levantou a campanha de entregar uma camiseta com a frase “Mato Grosso do Sul por favor” aos apresentadores do Jornal. O post pede ajuda para compartilhar a ideia e até filmar a entrega.

Reprodução

Foto de Almir Sater na campanha teve mais de 2 mil compartilhamentos

Eu quero fazer uma coisa natural, sem ser agressiva, mas meio cômica, está aqui, para vocês não se esquecerem”, explicou ao Lado B do Campo Grande News.

A campanha já existe há algum tempo, com fotografias de artistas que posam junto da camiseta. Já foram clicados Almir Sater, Paulinho Simões, Munhoz e Mariano e Luan Santana. “Comecei a mobilizar artistas de reconhecimento nacional para ver se consigo um impacto maior”, comenta. Só a postagem de Almir Sater teve mais de 2 mil compartilhamentos.

Para levar a camisa até o Jornal Nacional, ela pretende entrar em contato com a produção por e-mail, enviando o post inicial e o número de compartilhamentos. “Não precisa vestir, só coloca na frente e aprende”, reforça.

A postagem da campanha está na página “Mato Grosso do Sul por favor”. A camiseta também é vendida pela internet, na loja virtual I Love MS.

Comentários:

Rogério Silva: Me desculpe pessoal mas estão fazendo tempestade em copo d'água. Isso é coisa de quem ñ tem nada o que fazer e ficam intrigando uns aos outros. Eu amo meu Estado de MS nem por isso condeno um engano cometido de um Jornalista de tamanha competência que corrigiu antes de lançar a matéria no ar. Agora para os jornalistas de plantão isso é um recalque, então beijo no ombro para todos vcs.

PUBLICIDADE