PUBLICIDADE

Prefeitura encaminha 24 toneladas de pneus inservíveis para destinação correta em SP

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 22 de Janeiro de 2021

Divulgação

As 24 toneladas de pneus inservíveis seguem para São Paulo

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, encaminhou 24 toneladas de pneus em desuso para a sua correta destinação. Todo o material foi recolhido pela empresa parceira Reciclanip, especializada no processo de coleta e destinação de pneus inservíveis em todas as regiões do Brasil.

Após a coleta, os pneus são levados para a cidade de São Paulo, onde a empresa mantém a sede e executa o trabalho de destinação. Foi o primeiro envio do ano. De acordo com a Fundação do Meio Ambiente, a ação também minimiza os danos ambientais e a proliferação de focos do Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças. No ano passado, foram recolhidos 160 toneladas de pneus inservíveis.

Os pneus inservíveis podem ser entregues das 07h30 às 13h30 no Ecoponto, que fica localizado na rua Aquidauana, 279, bairro Universitário. O descarte incorreto de lixo, além de trazer riscos para a saúde da população e para o meio ambiente, causa muitos transtornos para a comunidade.

Principais destinações dos pneus inservíveis

**Co-processamento: pelo seu alto poder calorífico, cerca de 70% dos pneus inservíveis são utilizados como combustível alternativo em fornos de cimenteiras, em substituição ao coque de petróleo.

**Artefatos de borracha: a borracha retirada dos pneus inservíveis dá origem a diversos artefatos, entre os quais tapetes para automóveis, pisos industriais e pisos para quadras poliesportivas.

**Asfalto-Borracha: adição à massa asfáltica de pó de borracha oriundo da trituração de pneus inservíveis. O asfalto-borracha tem uma vida útil maior, além de gerar um nível de ruído menor e oferecer maior segurança aos usuários das rodovias.

**Laminação: nesse processo, os pneus não-radiais são cortados em lâminas que servem para a fabricação de percintas (indústrias moveleiras), solas de calçados, dutos de águas pluviais etc.

PUBLICIDADE