PUBLICIDADE

Bombeiros reforçam equipe para combater fogo na margem esquerda do rio Paraguai

Leonardo Cabral em 07 de Julho de 2020

Divulgação/3ºGBM

Bombeiros de Corumbá e Aquidauana estão na região combatendo o fogo

Incêndio em vegetação na margem esquerda do rio Paraguai, em frente ao Porto Geral de Corumbá, pode ter sido criminoso. Desde segunda-feira (06) equipe do Corpo de Bombeiros está combatendo as chamas, inclusive com reforço de quatro militares de Aquidauana.

Divulgação/3ºGBM

Próximo ao local do foco de incêndio foi encontrada uma área limpa para plantação de mandioca

A área em chamas, apesar de parecer estar perto da área urbana, fica um pouco distante da margem e região de difícil acesso, conforme o Corpo de Bombeiros Militar. Cerca de 10 bombeiros estão combatendo o fogo que já consumiu pouco mais de 20 hectares, segundo a corporação. 

Diário Corumbaense apurou que o fogo tenha sido provocado. Há uma recente plantação de mandioca no local, ou seja, a área foi limpa e provavelmente alguém ateou fogo. A situação ainda é investigada. 

Divulgação/3ºGBM

Vestígios da presença de supostos responsáveis por atear fogo na área

Por conta do foco de incêndio, a cidade novamente ficou encoberta por uma densa camada de fumaça, principalmente ontem. Situação semelhante já ocorreu este ano, em março e abril, quando os focos iniciaram fora do período comum, que é a partir de junho, quando começa a estiagem. 

Queimadas no Pantanal

Corumbá segue liderando o ranking de queimadas em todo o Brasil. Já são 1.879 focos na região desde o primeiro dia de janeiro até hoje, conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O município contabiliza 106 queimadas só em julho e nas últimas 48h, foram registrados 25 focos. 

PUBLICIDADE