PUBLICIDADE

PMA multa assentado por exploração ilegal de madeira

Rosana Nunes em 23 de Junho de 2020

Divulgação/PMA

Madeira apreendida em lote de assentamento

A Polícia Militar Ambiental apreendeu um metro cúbico de pequenas toras de lenha da espécie angico, em um lote do assentamento Tamarineiro II. O flagrante foi na tarde de segunda-feira (22), durante ação para averiguar denúncia de exploração ilegal de madeira em áreas protegidas dos assentamentos. 

O dono do lote não estava e um sobrinho dele disse que não sabia onde ocorreu a derrubada da árvores para a retirada da madeira. O assentado não tinha o Documento de Origem Florestal (DOF), que é exigido para o transporte e armazenamento de qualquer produto florestal.

A lenha, que a PMA acredita ter sido retirada da reserva legal do assentamento, foi apreendida. O proprietário do lote, de 50 anos,  residente em Corumbá, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.500,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá receber pena de detenção de seis meses a um ano. Com informações da PMA. 

PUBLICIDADE