Segurança privado é detido duas vezes por agressão a clientes

Leonardo Cabral em 13 de Março de 2020

Segurança privado, de 49 anos, que trabalha em uma conveniência na rua Major Gama, se envolveu em duas ocorrências de agressão na quinta-feira (12). 

O primeiro fato aconteceu por volta da 01h. A vítima, que não teve a idade informada, disse que estava no estabelecimento quando houve uma discussão com um dos garçons, momento em que o segurança interveio e teria dado dois tapas no rosto do indivíduo, empurrando-o em seguida.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e em contato com o acusado, ele relatou que o indivíduo agredido começou a fazer exigências dizendo "atende logo aqui", com arrogância, e que diante do comportamento, o atendimento foi negado, resultando na agressão. Autor e vítima foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil.

Horas depois, por volta das 07h, mais uma vez a equipe da PM foi chamada ao mesmo estabelecimento e ao chegar, encontrou um homem de nacionalidade estrangeira e que não fala português, ensanguentado e ferido na região da cabeça, após ser atingido com golpes de cassetete, pelo segurança que se envolveu na primeira briga. A vítima também levou uma garrafada de outro indivíduo, de 21 anos, que estava no local.

Segundo a PM, o estrangeiro, que estava com um acompanhante, pediu uma bebida, mas o garçom se negou a servi-lo. Logo em seguida, o segurança, de modo ríspido e mal educado, entrou na conversa e disse que antes de consumir, ele teria que pagar a bebida. 

Obedecendo a “ordem”, a vítima se levantou para realizar o pagamento, quando foi impedido pelo segurança, que o golpeou com cassetete no rosto e no braço.

O acusado também foi ouvido mais uma vez, e aos policiais, relatou que a vítima, se mostrou arrogante desde o momento em que chegou no estabelecimento, e que ao tentar entrar o comércio, foi impedido por ele. No entanto, no momento da confusão, o estrangeiro ainda sofreu um golpe na cabeça com uma garrafa de vidro, dado pelo indivíduo de 21 anos, que nem fazia parte da discussão.

Por apresentar ferimentos, uma equipe do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) foi acionada e removeu a vítima ao pronto-socorro para cuidados médicos. Já o segurança, mais uma vez, e o autor da garrafada, foram detidos e encaminhados até o Distrito Policial. 

PUBLICIDADE