PUBLICIDADE

Corumbaense vira contra a Serc e vence primeira partida no Estadual

Leonardo Cabral em 15 de Fevereiro de 2020

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Com a vitória, Corumbaense soma agora quatro pontos no campeonato

O Corumbaense conseguiu somar seus primeiros três pontos no Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol ao vencer de virada Serc/Chapadão, diante de sua torcida, no estádio Arthur Marinho, na noite deste sábado (15). Com o resultado, o time sobe na tabela do campeonato depois de entrar em campo na zona de rebaixamento. Agora são quatro pontos somados, com uma vitória, um empate e duas derrotas.   

O Galo Pantaneiro começou o jogo pressionando, mas não conseguiu manter o ritmo e no descuido, depois da cobrança de escanteio, aos 19 minutos, Gil pegou o rebote e marcou. Serc 1 a 0.

Daí em diante, o Corumbaense parecia perdido em campo, porém, era “empurrado” pela sua torcida. Sem mais nenhum chute ao gol, as duas equipes não ofereceram risco aos goleiros. 

No segundo tempo, o técnico Douglas Ricardo mexeu na equipe. Vandinho entrou no lugar de Roger. O time da casa voltou a pressionar, mas pecava nas finalizações. 

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Virada veio quase no final do jogo

Aos 16 minutos, outra mudança. Saiu João Marco para a entrada de Willian. Logo em seguida, Jeferson Paulista empatou. No cruzamento, ele empurrou a bola para o fundo do gol da Serc. 1 a 1.

Minutos depois, Ricardinho, na pequena área foi derrubado e foi marcado pênalti para o Corumbaense. Na cobrança, Lucas Kattah desperdiçou a chance batendo por cima do travessão.  

A virada só veio aos 41 minutos. Vandinho, estreante da noite, balançou a rede da equipe adversária e levantou a torcida no Arthur Marinho. Final 2 a 1. 

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Técnico disse que equipe ainda tem muito a melhorar

O técnico Douglas Ricardo, disse que ainda há muito o que fazer para colocar o Corumbaense na luta pelo título. “Precisamos melhorar muito, claro que sabemos que a vitória nos traz confiança, mas temos muito trabalho ainda pela frente, pois pegar o time na situação que peguei não está sendo fácil, mas vamos seguir trabalhando para somar sempre mais vitórias. Temos que ter mais atenção, criamos chance com bola parada e desperdiçamos, temos também que ter a tranquilidade de trabalhar com a bola e finalizar de forma correta”, disse Douglas.

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Vandinho, autor do gol da virada do Carijó

Já o autor do gol da virada, Vandinho, falou que ficou feliz em poder contribuir para a vitória do time, ainda mais em casa. “Antes do jogo eu tinha falado que iria entrar para fazer o gol e foi isso que aconteceu, consegui ajudar a equipe junto com meus companheiros a conquistar a primeira vitória. Foi assim na minha estreia no Comercial, quando entrei e fiz o gol da virada ajudando a equipe no ano passado e agora repetindo aqui no Carijó. A partir de agora, o time está fechado”, declarou o atleta ao Diário Corumbaense.

Jeferson Paulista avaliou a partida difícil, ainda mais pelo fato de o time ter começado atrás no placar. "Sabíamos da qualidade do adversário, começamos atrás, mas fomos buscar o resultado que foi esforço do trabalho intenso que tivemos durante a semana, para que pudéssemos conquistar os três pontos, onde pude contribuir para o resultado”, mencionou.

Outros jogos

Com a vitória, o Corumbaense Futebol Clube pode permanecer entre a 5ª e 8ª colocação, dependendo dos resultados das outras partidas neste domingo (16).

A outra partida deste sábado foi entre Operário e Cena, em Nova Andradina, no estádio Andradão. O Clube Esportivo Nova Andradina perdeu de virada para o Operário, pelo placar de 3 a 1. Este foi o quarto jogo do Cena na competição, com dois empates e duas derrotas.

Neste domingo (16), a rodada prossegue com  Aquidauanense x Comercial; Pontaporanense x Maracaju e Costa Rica x Águia Negra.

Comentários:

ADEMILSON BAPTISTA DA SILVA: Justa e merecida a vitória do Corumbaense, com a abertura do placar pelo Chapadão, o Corumbaense ficou desnorteado, onde o primeiro tempo só o Chapadão jogou, com domínio completo do meio campo, onde o gol que saiu do Chapadão foi um erro de marcação da zaga do Corumbaense, no segundo tempo a história mudou o Corumbaense veio totalmente diferente, com vontade de vencer, onde a torcida foi funda mental para dar mais ânimo aos atletas, que poderiam ter feito 3 a 4 gol, mais o goleiro do Chapadão fez grandes defesas, houve a perda de um penalty pelo Corumbaense, precisa sim , melhorar as finalizações com objetividade, treinar mais cobranças de penalty, o sistema defensivo está melhorando nas antecipações das jogadas, o contra ataque que precisa sair com mais rapidez e o centro avante tem que se posicionar na pequena ou grande área para concluir as jogadas, ou fazer o pivô para quem vier de traz chutar a bola ao gol, mais o elenco está de parabéns, o técnico Douglas e um grande treinador e estrategista, já conhece o Corumbaense, apesar de ser atletas diferentes de outros campeonatos, mais acredito q ele com o plantel q tem saberá dar um rumo, entrosamento e jogar com seriedade, como jogou no segundo tempo sem dar chance ao adversário, com um Futebol alegre, empolgante com toques de bola refinado, onde todos jogavam sem ser fominha , segundo o jargão popular sem querer resolver tudo sozinho e voltar a dar mtas alegrias ao torcedor pantaneiro, já saímos da zona de rebaixamento, agora só trabalhar para classificarmos no topo da tabela e trazer mais um título ao clube e para Corumbá/MS.

PUBLICIDADE