Com 20 óbitos em 6 meses, gripe já matou três vezes mais que em 2017 em MS

Campo Grande News em 21 de Junho de 2018

Mais três mortes por gripe foram confirmadas em Mato Grosso do Sul nos últimos oito dias e o total de óbitos chega a 20, segundo o último boletim epidemiológico de Influenza da SES (Secretaria Estadual de Saúde), divulgado na quarta-feira (20). O número é três vezes maior que o registrado em 2017, quando seis morreram por causa dos vírus durante todo o ano.

As informações consideram os três tipos de vírus de maior circulação no Estado, a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. Os dados da SES apontam que o Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul) fez a triagem de 1216 amostras de influenza, até quarta-feira, e 209 resultaram em positivo, sendo 61 casos para Influenza A H1N1, 28 para Influenza A não subtipado, 105 para Influenza A H3N2 e 15 para Influenza B.

O vírus da influenza A tipo H3N2 continua sendo o que mais contamina e mata. De janeiro até ontem, sete pessoas morreram por conta do vírus H1N1, oito pelo vírus Influenza A/H3, três pelo vírus Influenza A não subtipado, e duas por Influenza B. O boletim não divulgou a quantidade de mortes por cidades.

Neste ano, foram registradas mortes em Campo Grande – 11 óbitos –, Chapadão do Sul, Coxim, Nioaque, Aquidauana, Naviraí, Costa Rica e Três Lagoas.

A doença

A SES esclarece que a gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza que provoca febre, tosse, dor de garganta, dores no corpo e mal estar. A maior gravidade da infecção pelo vírus influenza são as complicações como pneumonias, dificuldades respiratórias que podem levar à internação e até mesmo ao óbito.

O antiviral Oseltamivir, de nome comercial Tamiflu, está disponível em todo o Estado gratuitamente, e o seu uso no início dos primeiros sintomas da gripe é fundamental para prevenir o agravamento dos casos. Porém, existem critérios pré-definidos pelo Protocolo de Tratamento de Influenza que devem ser seguidos.

Atenção aos sintomas: febre, tosse, dor de garganta e dores nas articulações, musculares ou de cabeça. É fundamental ao apresentar esses sinais, principalmente pacientes com comorbidades, procurar atendimento no início dos sintomas favorecendo o tratamento oportuno (em até 48 horas). Uma ação fundamental para diminuir a circulação dos vírus da gripe é a adoção de hábitos simples:

- Higienizar as mãos com frequência;
- Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
- Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
- Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
- Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
- Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social;
- Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração;
- Evitar visitas a hospitais;
- Ventilar os ambientes.

 

Saiba mais

28/06/2018 Corumbá atingiu meta, mas postos continuam imunização contra a gripe; público foi ampliado

25/06/2018 Gripe: municípios com estoque de vacina devem ampliar imunização

14/06/2018 Sem atingir meta, vacinação contra a gripe é prorrogada até o dia 22

11/06/2018 Campanha de vacinação contra a gripe termina na sexta-feira

02/06/2018 MS teve uma morte por influenza a cada 12 dias em 2018

30/05/2018 Corumbá abre quatro postos de vacinação contra a gripe nesta 5ª feira

30/05/2018 Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 15 de junho

28/05/2018 Campanha de vacinação contra a gripe termina dia 1º de junho

23/05/2018 Campanha contra a gripe já vacina pessoas com comorbidades e outras situações clínicas

14/05/2018 Mais de 4,7 mil pessoas foram vacinadas no Dia D contra a gripe em Corumbá

12/05/2018 Entenda a diferença entre gripe e resfriado

12/05/2018 Postos de vacinação de Corumbá recebem boa procura no Dia D contra a gripe

10/05/2018 Mato Grosso do Sul já imunizou mais de 76 mil pessoas contra a gripe

26/04/2018 Dobra o número de casos confirmados de gripe e Saúde ainda investiga 1 morte

24/04/2018 Procura por vacina da gripe movimenta postos de saúde em Corumbá; prazo vai até 1º de junho

24/04/2018 Gripe já matou 4 pessoas em MS e Saúde investiga mais 2 óbitos

16/04/2018 Entenda os diferentes tipos de vírus da gripe que circulam pelo Brasil

13/04/2018 Influenza: campanha nacional de vacinação começa dia 23 de abril

11/04/2018 Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

23/02/2018 Sintomas de gripe não podem ser ignorados, alerta Secretaria Municipal de Saúde

PUBLICIDADE