Coisas que são difíceis de entender

Da Redação em 04 de Junho de 2018

Preço dos combustíveis

No Brasil o consumidor paga um dos preços mais caros do mundo pelo combustível, ao ponto de os caminhoneiros terem deflagrado uma paralisação de dez dias para baixar o preço do diesel. O país é autossuficiente em produção de petróleo, principalmente depois do advindo do Pré-Sal. Então, por que o Brasil segue a política internacional acompanhando o sobe e desce do barril de petróleo no mercado internacional e as variações do câmbio do dólar? E, por que o combustível, seja ele gasolina ou diesel, custa menos que a metade do preço praticado pelo Brasil? E ainda, por que o Brasil compra combustível do exterior se aqui dentro tem o suficiente para os brasileiros e para exportar?

Etanol

Este é um combustível genuinamente brasileiro e teve o preço reduzido este ano em três estados, entre eles, Goiás e Mato Grosso, por causa da alta produção. Então, se tem muito e se os preços diminuíram nos estados produtores, por que essa redução não chegou aos outros estados da federação, não é o mesmo álcool utilizado por lá, e, quando aumenta o impacto não é sentido em todos os estados?

Tem coisas

Que só acontecem no Brasil, a exemplo dos políticos corruptos que não são presos e ainda ficam pousando de “acima de qualquer suspeita”. As leis brasileiras são extremamente flexíveis e a interpretação fica por conta das jurisprudências e, claro, cada caso é um caso e cada pessoa tem um benefício diferente. Bom exemplo são os ricaços (à custa do roubo do dinheiro público), que estão sendo liberados da cadeia por conta de doenças crônicas. As cadeias brasileiras estão cheias de gente doente que não consegue o mesmo benefício, e até mesmo de presos que já cumpriram suas penas e não conseguem o alvará de soltura, entre outras aberrações.

E pasmem

No Brasil, um político preso pode ser candidato a presidente da República e pode até ganhar a eleição. O ex-presidente Lula já anunciou o lançamento de sua pré-candidatura para o dia 24 de junho, dia de São João. É claro que muitos não acreditam que ele será candidato, mas no Brasil, entre acreditar e o fato acontecer tem uma linha muito tênue e tudo pode acontecer. Aliás, os adversários morrem de medo de Lula e muitos, só terão coragem de disputar o cargo se ele, Lula, não se candidatar. Do contrário, mesmo preso, o petista é uma grande ameaça para todos os outros postulantes à faixa presidencial. 

De qualquer forma

O Brasil está nessas condições porque o povo permite. Várias categorias fazem greve e, como aconteceu com os caminhoneiros nunca dá em nada, ou quando dá, é porque o governo vai repassar a conta para o povo que terá que pagar até mais do que o acordado. O governo tenta disfarçar que os 46 centavos de redução no preço do diesel,  terá reflexo no aumento de impostos. Trocando em miúdos, o diesel cai 46 centavos, depois aumenta de novo e o imposto que vai aumentar nunca será reduzido. 

Em Corumbá

Começou a temporada dos ataques nervosos contra aqueles que estão no poder e aqueles que querem postular um cargo eletivo. Fala-se de tudo nas redes sociais e até vídeos são lançados com um monte de acusações. É a velha política dos ataques selvagens contra os adversários patrocinados por quem está do outro lado e hoje em dia feita através de fake news, a nova modalidade de anonimato de quem não tem o que dizer a respeito de si próprio e prega a guerra de falácias contra os outros. 

Espera-se

Que a Justiça, que já avisou que está monitorando esse tipo de divulgação, realmente chegue a essa gente e dê a ela a devida punição. O maior problema disso tudo é que nem sempre o que se divulga é verdade e causa problema de entendimento ao eleitor, prejudicando assim a escolha certa na hora de votar. 

Política séria

Tem que ser feita com discussão de propostas e ideias e de forma limpa e correta. A folha corrida dos candidatos tem que ser analisada pelo eleitor, mas, a própria justiça teria que divulgar se o candidato responde a processo, sobre o que, se ele já foi condenado e porque, de uma forma que o eleitor tenha a certeza de que o que se diz é realmente verdade.

* Detalhe é uma coluna de opinião do Diário Corumbaense que aborda os mais variados assuntos.