PUBLICIDADE

Sino da Caridade promove coletas solidárias em escolas

Da Redação em 06 de Novembro de 2014

Arquivo/Diário Corumbaense

Sino da Caridade pretende entregar este ano, cerca de 600 cestas básicas

O projeto Sino da Caridade, realizado pela Cidade Dom Bosco, mudou este ano a forma de arrecadação de doações de alimentos para famílias carentes passarem o período de final de ano. O “arrastão”, que percorria o centro e bairros da cidade, deu lugar a caixas de coletas solidárias distribuídas em 26 escolas municipais e estaduais do município. Também haverá a entrega do  troféu solidário para a escola que arrecadar mais alimentos. As doações podem ser feitas ainda pelo “Disque Sino”. Basta o doador informar o endereço que a equipe faz a coleta do donativo na residência. O número do telefone é o  (67) 3232-4459.

“Fizemos isso para incentivar os alunos a participarem da campanha. As escolas também selecionarão algumas famílias de alunos carentes, priorizamos os com menor renda e com maior número de crianças na casa, sejam filhos ou netos”, explicou a coordenadora do Sino da Caridade, Ana Maria Hellensberger dos Santos.

A coordenadora explicou que outras formas de doação para a campanha também foram definidas, como parcerias com estabelecimentos comerciais. “No supermercado Quadri, montamos cestas prontas no valor de R$ 50. É a cesta do ‘Sino da Caridade’. Quem quiser doar, basta comprar o sacolão que o supermercado faz a entrega em nossa sede”, explicou.

Ana Maria é coordenadora da campanha

Neste ano a expectativa é que 600 famílias sejam beneficiadas com a cesta básica natalina. As doações serão entregues às famílias carentes selecionadas  no dia 19 de dezembro, na Cidade Dom Bosco.

Como surgiu

Promovido há mais de 40 anos, o Sino da Caridade é um projeto que foi idealizado pelo falecido padre salesiano Ernesto Sassida, fundador de uma das maiores obras sociais de Corumbá: a Cidade Dom Bosco. O objetivo da campanha é ajudar as famílias carentes com alimentos no Natal. A campanha se chama "Sino da Caridade", por conta da divulgação, que era feita através de dois sinos.

Comentários:

Marcelo Nogueira Gonçalves: Vocês não estarão recebendo doações de roupas????

Redação Diário: Caro leitor... por favor, entre em contato pelo telefone informado na matéria para as devidas informações.

PUBLICIDADE