PUBLICIDADE

Brasileiros são presos com sete armas de fogo na Bolívia; trio é acusado de assalto no Dom Bosco

Leonardo Cabral em 24 de Maio de 2021

Reprodução/Clave 300

Trio foi preso em flagrante com armas de fogo na Bolívia

Três brasileiros, Roberto Coenga Mizuguchi, Fabiano Antonio da Silva e Osmar Vieira Dantas, foram presos em flagrante pela Força Especial de Combate ao Crime (FELCC), na cidade de Puerto Pailas, município vizinho a Santa Cruz de La Sierra. O trio tentava entrar na cidade, com sete armas de fogo e é apontado de envolvimento no roubo de caminhonete, de propriedade de um comerciante, no bairro Dom Bosco, em Corumbá, ocorrido no início de maio.

O chefe da Felcc, Ángel Morales Calzadilla, informou que os brasileiros foram encaminhados à prisão de Palmasola pelos crimes de associação criminosa e porte e porte ilegal de armas. A prisão ocorreu no dia 19 de maio, mas só foi divulgada no domingo (23). Conforme Ángel, o trio foi abordado pela Divisão de Crime Organizado no posto de controle de Puerto Pailas, quando viajava para a cidade em um microônibus de transporte público.

Ainda de acordo com o chefe da Felcc, no celular de Coenga, havia fotos de uma caminhonete que foi roubada em 27 de abril, em Puerto Suárez, posteriormente recuperada pela Diprove.

Os brasileiros foram identificados como participantes de um segundo assalto, datado de 03 de maio, no bairro Dom Bosco, em Corumbá, onde um comerciante teve a caminhonete levada, após ser rendido em seu estabelecimento comercial. Os ladrões entraram em território boliviano para que o veículo fosse comercializado. Não há informações sobre esse veículo.

Os brasileiros também vão responder a um segundo processo pelo crime de roubo qualificado em Puerto Suárez. 

Com informações Jornal Clave 300.

PUBLICIDADE