PUBLICIDADE

Ladário apresenta índices positivos no enfrentamento à covid-19, dengue e influenza

Da Redação com assessoria de imprensa em 26 de Abril de 2021

Divulgação/PML

Prefeito Iranil e secretária de Saúde, Josiane Braga, explicaram aos vereadores o andamento das ações

O andamento da vacinação contra a covid-19 em Ladário, as ações de combate à dengue e imunização contra a influenza, foram apresentados a vereadores pelo prefeito Iranil Soares e a secretária de Saúde, Josiane Braga. Os dados foram informados durante encontro com os parlamentares, no sábado, 24 de abril.

De acordo com a secretária, a cidade registra evolução positiva nas ações de enfrentamento à essas doenças. “Os índices de melhora no município, tanto na vacinação contra a covid-19, influenza e dengue, são pontos a se destacar da administração do prefeito Iranil Soares”, afirmou Josiane.

No que diz respeito à pandemia, Ladário executa medidas severas para controle da situação de emergência. “Em mais de 1 ano de pandemia, Ladário registrou 48 mortes pela doença e cerca de 20% da população maior de 18 anos já foram vacinados”, completou a titular da Secretaria Municipal de Saúde. Ela reforçou que portais de acompanhamento são atualizados cotidianamente pela Secretaria e que o link – para acesso às informações – está disponível no site da Prefeitura.

“Preparamos nossas equipes, profissionalizamos os serviços relacionados à saúde em Ladário e estamos mais do que prontos para amparar a nossa população", disse Iranil Soares aos vereadores Denilson Márcio, Renan Encinas, Eva Petzold, Rosa Trindade e Rosy Araújo .

O vereador Renan Encinas declarou estar satisfeito com a execução das ações na cidade. "Como representante da população, é uma gratidão ver o andamento da vacinação da covid-19, pois existem tantas pessoas que esperam ansiosas para ser vacinadas. Esta doença tem matado muitos entes queridos", enfatizou o vereador.

Até o último fim de semana, Ladário recebeu 4.844 doses de vacinas contra a covid-19 e aplicou 4.428. A imunização de grupos prioritários e faixas de idade segue o Plano Nacional de Imunização e é realizado de acordo com o envio de remessas das vacinas pelo Ministério da Saúde. 

PUBLICIDADE