PUBLICIDADE

Autoridades bolivianas vêm a Corumbá discutir com prefeito projetos de logística e energia

Da Redação em 16 de Outubro de 2020

Divulgação

Reunião foi nesta manhã em Corumbá

A expansão das relações comerciais e a definição de projetos de interesse comum para desenvolvimento da região da fronteira Corumbá-Bolívia foram discutidos pelo prefeito Marcelo Iunes e o embaixador da Bolívia no Brasil, Wilfredo Rojo Parada, na manhã desta sexta-feira, 16 de outubro. 

O encontro tratou especificamente de questões relacionadas à compra direta do gás natural da Bolívia; da estruturação da hidrovia Paraguai-Paraná com dragagem do Canal do Tamengo; melhoria da infraestrutura ferroviária nos dois países, especificamente no trecho da Malha Oeste (Bauru-Corumbá), que integra a Ferrovia Transamericana - corredor interoceânico que liga os portos de Santos (SP) e Arica (Peru). 

Também foi apresentada proposta de interconexão de ramal de transição de energia da Bolívia para o Brasil tendo Corumbá como o marco principal desse projeto. Outra demanda abordada durante o encontro foi a reativação da Comissão de Fronteira como fórum para apresentação e debate de projetos que atendam interesses comuns de Corumbá e as cidades bolivianas desta zona fronteiriça. 

O prefeito Marcelo Iunes destacou à comitiva boliviana que os projetos comuns para os dois países – tendo Corumbá como o ponto central de seus desenvolvimentos – são importantes para o Município porque permitirão geração de emprego e renda na cidade e vão alavancar o potencial econômico local.

Ele também lembrou que a Prefeitura, com apoio do Governo do Estado, já articula a concretização desses projetos de logística e energia junto ao Governo Federal. Iunes ressaltou que o projeto do Corredor Ferroviário Bioceânico teve suas articulações iniciais realizadas em Corumbá. Iunes se comprometeu em apresentar as questões ao Governo Federal e Governo Estadual para juntos avançarem na concretização das ações.

A reunião também contou com participação do secretário municipal de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques; do cônsul da Bolívia em Corumbá, Enrique Gonzales Antelo; do presidente da Coceca AS, Fernando  Tuma Gamez; do secretário de Energias, Minas e Hidrocarburos do Departamento (Estado) de Santa Cuz, Jorge Malgor; do gerente da Empresa Nacional de Eletricidade da Bolívia (ENDE), Carlos Pelaet, e empresários bolivianos. Com assessoria de imprensa. 

PUBLICIDADE