PUBLICIDADE

Bloqueio só acaba dia 29, mas fronteira do Paraguai com Ponta Porã já está aberta a turistas

Campo Grande News em 23 de Setembro de 2020

Ademir Almeida

Militares ainda mantêm bloqueio em alguns acessos na fronteira

Oficialmente, a reabertura da fronteira paraguaia para reaquecer a economia de cidades duramente afetadas pela crise da pandemia do novo coronavírus só acontece no dia 29 deste mês. Mas, na prática os turistas brasileiros já estão com acesso livre para deixar seus reais no comércio do outro lado da Linha Internacional.

Pelo menos é o que acontece em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande. Um dia após a Direção Geral de Migrações anunciar a reabertura a partir de terça-feira da semana que vem, o movimento é intenso nas lojas da cidade.

A reportagem apurou que os bloqueios instalados em março por militares da FTC (Força-Tarefa Conjunta) ainda existem em alguns pontos da linha que separa as duas cidades. Entretanto, em outros trechos da fronteira o acesso está escancarado.

Na manhã de hoje, dezenas de carros com placas brasileiras estavam estacionados no conhecido setor de lojas de pneus, na Avenida Doutor Francia, a poucos metros da Rua 13 de Setembro, em Ponta Porã.

Mais perto do centro de Pedro Juan, onde ainda existem bloqueios feitos com pedaços de madeira e pneus velhos, o movimento de pessoas nas ruas e de carregadores de mercadorias também é visivelmente maior nesta quarta-feira.

O número de pessoas cruzando de um lado ao outro aumentou bastante após a redução do efetivo dos militares, designados para as buscas ao ex-vice-presidente paraguaio Óscar Denis, sequestrado há duas semanas por guerrilheiros do grupo terrorista EPP (Exército do Povo Paraguaio).

Reabertura

No dia 29, o governo paraguaio vai reabrir a fronteira para acesso de brasileiros na Ponte da Amizade, entre Ciudad del Este e Foz do Iguaçu (PR), em Salto del Guairá, perto de Mundo Novo (MS), e Pedro Juan Caballero.

Ontem, pelo menos três mil moradores de Pedro Juan Caballero saíram às ruas para cobrar a reabertura da fronteira aos turistas brasileiros, responsáveis por 90% do faturamento das lojas.

A abertura será adotada por três semanas, como “plano piloto”. Turistas brasileiros poderão entrar no Paraguai das 05h às 14h e terão até às 18h para retornar ao Brasil. Não será exigido exame negativo para covid-19, mas o uso de máscara, o distanciamento e álcool em gel são medidas obrigatórias. Trabalhadores também terão acesso livre entre as cidades. 

PUBLICIDADE