PUBLICIDADE

Testagem em massa começa nos presídios e no masculino já são 91 casos confirmados

Leonardo Cabral em 03 de Setembro de 2020

Divulgação/ Agepen

Testagem em massa teve início hoje e ação prossegue

A testagem em massa para o novo coronavírus dentro dos presídios de Corumbá teve início nesta quinta-feira, 03 de setembro. Conforme relatório da direção do presídio masculino, primeiro a receber a ação, com as novas testagens, 91 internos já foram positivados com a doença, dos quais 55 confirmados na ação de hoje.

Conforme a Agepen, os presos testados positivos estão isolados em um espaço que foi preparado. Preventivamente, já haviam sido esvaziadas três celas e uma sala transformada em alojamento, todas na mesma área do presídio, com capacidade mínima de 41 vagas.

Com os novos casos, a direção do presídio já está providenciando uma nova estratégia de isolamento seguro, conforme orientações de biossegurança da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Corumbá. O Estabelecimento Penal Masculino tem 624 internos conforme apurou o Diário Corumbaense

As testagens foram realizadas no período matutino, conforme cronograma estabelecido pelo Município, que destinou três profissionais de saúde para o trabalho. A ação dá continuidade ao trabalho que já vinha sendo desenvolvido no presídio, com testagens em internos sintomáticos e servidores.

De acordo com o diretor do EPC, Amilton Evangelista, caso seja necessário, outras celas serão esvaziadas para garantir o isolamento. Além disso, o dirigente destaca que os internos positivados recebem acompanhamento diário para observar o quadro de saúde. Os familiares de todos os positivados estão sendo informados.

A ação é um trabalho conjunto entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Secretaria de Estado de Saúde (SES) e Secretaria de Saúde de Corumbá. Mil testes rápidos foram disponibilizados pela Saúde Estadual para os presídios da cidade.

Presídio Feminino

Os trabalhos também tiveram início nesta quinta-feira na unidade feminina de Corumbá, mas nenhum caso foi confirmado até o momento. Conforme a diretora do Estabelecimento Penal Feminino “Carlos Alberto Jonas Giordano”, Elizandra Assis da Silva, também não há internas sintomáticas.

Por conta do aumento dos casos de covid-19 nos presídios do Estado, as visitas presenciais continuam suspensas até o dia 15 de setembro.

PUBLICIDADE