PUBLICIDADE

Após casos confirmados de covid-19, prédios dos Correios e Prefeitura de Ladário passam por descontaminação

Leonardo Cabral em 22 de Julho de 2020

Divulgação/Marinha do Brasil

Militares na sede dos Correios; pelo menos três funcionários testaram positivo para covid-19

Após casos confirmados e suspeitos de Covid-19, no Centro de Distribuição dos Correios em Corumbá (CDD), que levou o fechamento temporário do prédio, foi realizada na manhã desta quarta-feira, 22 de julho, o trabalho de descontaminação da unidade, localizada na rua Cuiabá. A Prefeitura de Ladário também recebeu a ação e o atendimento ao público foi suspenso hoje. O atendimento será retomada nesta quinta-feira (23).

Realizada por 25 militares da Marinha do Brasil, especificamente pelo Grupamento Operativo de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (GptOpDefNBQR), a ação de desinfecção visa conter a propagação do novo coronavírus. Na Prefeitura de Ladário, o Diário Corumbaense apurou que um servidor testou positivo para covid-19, mas ele já estava afastado das funções quando recebeu o resultado. Ele ficou internado e já recebeu alta. 

Divulgação/ Marinha do Brasil

Gabinete do prefeito de Ladário também recebeu a ação de descontaminação

Já no prédio dos Correios, três casos foram confirmados e haviam mais suspeitos. Os casos de covid-19 foram denunciados pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Mato Grosso do Sul, e por isso, a direção da empresa decidiu fechar a Central de Distribuição.

Em nota enviada ao Diário Corumbaense, os Correios informaram que toda a unidade, localizada na rua Cuiabá, seria sanitizada, o que ocorreu na manhã de hoje. A reabertura da Central está prevista para segunda-feira, 27 de julho. A empresa também garantiu que já estava em tratativas com a Prefeitura Municipal e a Vigilância Sanitária para testagem dos empregados.

Divulgação / Marinha do Brasil

As ações de desinfecção já passaram pela fronteira, vários prédios e pelo Poliesportivo

Militares pertencentes ao 6° Distrito Naval, subordinados ao C Cj Oeste, durante os trabalhos de descontaminação utilizaram produtos como hipoclorito, álcool 70%, álcool isopropílico, para equipamentos eletrônicos, além de detergente neutro.

Já receberam a ação de desinfecção, o Posto Esdras, na fronteira com a Bolívia; o Aeroporto Internacional de Corumbá; escolas municipais, a Casa de Passagem Albergue da Fraternidade José Lins e também o posto de fiscalização Lampião Aceso, onde está a barreira sanitária, às margens da BR-262. O Ginásio Poliesportivo Lucílio de Medeiros, recebeu a ação três vezes, por ser ponto de apoio ao benefício do auxílio emergencial e a Santa Casa de Corumbá.

PUBLICIDADE