PUBLICIDADE

Covid-19: 350 pessoas que tiveram contato com casos positivos estão sendo monitoradas em Corumbá

Leonardo Cabral em 29 de Maio de 2020

Reprodução/Live

Live semanal aconteceu na tarde desta sexta-feira (29), com os secretários de Saúde, Rogério Leite e de Governo, Cássio Costa Marques

Com os 26 casos positivos já registrados, Corumbá triplicou o número de infectados de covid-19 nos últimos 15 dias. Só nesta sexta-feira (29) foram quatro. Foi o que o secretário de Saúde, Rogério Leite, reforçou durante live realizada para a atualização do quadro da doença no município. O secretário Municipal de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, também participou.

De acordo com o secretário de Saúde, cerca de 350 pessoas estão sendo monitoradas na cidade. “Essas pessoas são aquelas que tiveram contato direto com os casos positivos, que triplicaram nos últimos 15 dias. Elas recebem ligações e visitas da nossa equipe. O principal objetivo é fazer o bloqueio do vírus e a realização do teste em momento certo, para que não tenhamos falsos casos negativos e positivos”, explicou.

Dos 26 casos positivos, Rogério Leite frisou que nove já se recuperaram, os demais estão em isolamento domiciliar e nenhum paciente está internado no momento. Mas, ele ressaltou que apesar de os números ainda estarem abaixo do nível de crescimento da doença no Estado, todos devem se manter preocupados. “É necessário seguir à risca as determinações de prevenção, como o uso obrigatório de máscaras e reforçar o isolamento social. Os resultados dos exames feitos em nossa cidade são divulgados em tempo recorde, num tempo de espera entre 24h até 48h, sendo que em algumas áreas do país, demoram de cinco a sete dias”, reforçando que “o combate ao vírus não é só dever do município. É responsabilidade mútua, temos a responsabilidade com a nossa saúde e com a saúde de uma forma coletiva”.

Já o secretário Cássio Costa Marques agradeceu a colaboração de instituições e também de emendas parlamentares federais e estaduais, que já estão asseguradas para o município para ações de enfrentamento à pandemia. Além disso, ele afirmou que, dependendo do cenário, com a confirmação de mais casos do coronavírus, há a possibilidade de mudanças nas medidas já tomadas pela administração.

“Toda e qualquer situação já posta está à mercê de uma análise da evolução da situação dos testes que estão sendo realizados, reuniões diárias, com comitê específico na área da Saúde, para que tenhamos ações eficazes”, mencionou se referindo ao toque de recolher; funcionamento do comércio; a reabertura da rodoviária e a volta das feiras livres. “Tudo depende de estudos e ações alinhadas que garantam a segurança tanto dos usuários e dos próprios colaboradores de empresas, no caso da rodoviária e dos feirantes”, esclareceu.

250 testes negativos

O secretário de Saúde, Rogério Leite, também informou na live que o estudo nacional sobre a prevalência da covid-19 na população brasileira, realizado pela Universidade Federal de Pelotas – UFPel, financiado pelo Ministério da Saúde e realizado pelo Ibope Inteligência, realizou 250 testes em Corumbá e todos deram negativo.

A pesquisa consiste na aplicação de um breve questionário sobre a existência de doenças preexistentes e possíveis sintomas de coronavírus nos últimos 30 dias, além da realização de um teste sanguíneo rápido que utiliza metodologia por punção digital, ou seja, uma picadinha na ponta do dedo.

O objetivo da pesquisa é medir o nível de imunização da população brasileira ao coronavírus e identificar de que forma o vírus está se propagando pelo Brasil. Com isso, será possível criar políticas públicas mais eficientes no combate à pandemia baseadas em critérios científicos sobre o comportamento do vírus.

Corumbá integra a lista das 133 cidades sorteadas que já está recebendo a ação. O estudo é realizado em três etapas: a 1ª foi de 14 a 15 de maio; a 2ª de 28 a 29 de maio e a 3ª etapa será nos dias 11 e 12 de junho.

Comentários:

Eudes Fardino Senna: Com a reabertura da Rodoviária a fiscalização tem que ser intensificada para que os casos positivos não saiam do controle. Eu acho também que está faltando mais fiscalização na cidade, pois temos vistos muitas pessoas sem máscara e conveniências/ bares com muita aglomeração.Infelizmente ainda temos muitas pessoas que não estão fazendo a sua parte e colocando em risco à vida de outras pessoas. Bom trabalho para à equipe da Vigilância Sanitária, que Deus nos abençoe e que Nossa Senhora Candelária cuide de todos nós.

PUBLICIDADE