PUBLICIDADE

Homem desaparece na Capital e o celular dele aponta localização em Corumbá

Leonardo Cabral em 25 de Março de 2020

Divulgação

Aparecido é conhecido como "Ferreira"

A família de Aparecido Ferreira da Silva, de 49 anos, morador do bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande, procura pistas sobre o paradeiro dele. Ele foi visto pela última vez na terça-feira, 24 de março, às 12h15, em uma casa, no bairro Taveirópolis. Depois de horas, o celular dele foi rastreado apontando a localização no bairro Cristo Redentor, na parte alta de Corumbá.

Ao Diário Corumbaense, a filha de Aparecido, Mariana Araújo, contou que o pai trabalha como contador em seu próprio escritório e que ajuda uma família de venezuelanos. Ele chegou a deixar um botijão de gás na casa dos estrangeiros e não foi mais visto.

“Ele nunca fez isso. Cansamos de ligar e o telefone dele só dá desligado depois de ter chamado apenas uma vez quando estávamos tentando contato com ele”, explicou.

Nessas tentativas, a jovem falou que por volta das 19h, de ontem, conseguiu fazer o rastreamento do aparelho do pai. “Fizemos isso e para a nossa surpresa, a localização estava apontando o bairro Cristo Redentor, em Corumbá. Não temos conhecimento que ele tenha clientes e muito menos conhecidos nossos na cidade”, contou.

O boletim de ocorrência 13099/2020 foi registrado em Campo Grande, informando o desaparecimento de Aparecido. No registro, ainda há a informação de que ele saiu de casa, em seu veículo, GM Celta, de cor prata, placas HTI-0802, 4 portas, ano 2008, o qual está registrado no nome da esposa dele.

Quem tiver alguma informação, pode entrar em contato com a família pelo telefone (67) 99229-5393.

Comentários:

Ana Fatima Almeida Da Cruz Ajala: Quem puder ajudar, compartilhar ou fazer alguma coisa. É muito triste pra esposa, filhinha e demais amigos e familiares.

PUBLICIDADE