PUBLICIDADE

Equipes dos Bombeiros voltam a combater focos de incêndio no Pantanal

Leonardo Cabral em 11 de Março de 2020

Leonardo Cabral/ Diário Corumbaense

Principal avenida da cidade, a General Rondon, ficou tomada pela fumaça na noite de ontem

Mais uma vez Corumbá ficou encoberta por fumaça de queimadas no Pantanal, na noite de ontem, 10 de março, principalmente a área central. Os focos ficaram concentrados do outro lado do rio Paraguai. 

Na segunda-feira (09), equipe de brigadistas do Corpo de Bombeiros Militar combateu focos de incêndio na margem esquerda do rio. Os militares foram de barco até a região e no sítio "Bênção Divina", distante dois quilômetros do Porto de Corumbá, combateram as chamas que atingiam a vegetação e causavam muita fumaça, que já era percebida na área urbana do município.

Divulgação

Mapa mostra os pontos onde estão registrados os focos de queimadas em Corumbá

Já na manhã de hoje, mais uma vez, equipes de brigadistas do Corpo de Bombeiros se deslocaram desta vez, para as regiões conhecidas como Morro do Sargento e Baía do Tuiuiú, onde existem focos de queimada, conforme imagens de satélite. O local é de difícil acesso.

Números

Diário Corumbaense

Equipe dos Bombeiros saiu de barco na manhã de hoje para combater fogo no Pantanal

Nas últimas 48h, Corumbá lidera o ranking de queimadas no país. São 43 focos de incêndio registrados no município, conforme o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Ainda de acordo com o Inpe, nos primeiros 11 dias de março, a cidade registrou 106 focos de queimadas. Com os números em alta, Corumbá também aparece como principal cidade a registrar focos de calor de janeiro a março, com 308 registros, o que representa 21,6% das queimadas do Brasil.

PUBLICIDADE