PUBLICIDADE

Mocidade da Nova Corumbá defende enredo "Como é doce ser criança outra vez"

Leonardo Cabral em 23 de Fevereiro de 2020

Arte: Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

Mocidade da Nova Corumbá concorre ao Esplendor do Samba

A Mocidade Independente da Nova Corumbá, vice-campeã do carnaval 2019, começou o seu desfile. Segunda a passar pela passarela do samba, a agremiação promete trazer para a avenida General Rondon uma apresentação alegre, contagiante e colorida. A aposta para encantar o público e os jurados em 2020 são as brincadeiras de criança, com o enredo “Como é doce ser criança outra vez”.

Nele será contada toda a magia do “brincar”, uma verdadeira viagem ao lúdico, transformando a passarela do samba num parque infantil.

A Mocidade Independente da Nova Corumbá é uma das nove escolas de samba de Corumbá que irão concorrer na 11ª edição do Esplendor do Samba, que em 2020 terá 3 indicações em cada um dos 11 quesitos, além de melhor escola de samba durante as duas noites de desfile. O prêmio, instituído pelo jornal Diário Corumbaense tem o objetivo de homenagear aqueles que fazem o carnaval da cidade ser um dos maiores e mais animados do País.

Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente da Nova Corumbá

Fundação22/06/1999

PresidenteJosé Maria

CoresVerde, Vermelho e Branco

CarnavalescoEdilson Oliveira

EnredoComo é doce ser criança outra vez

Compositores do samba-enredoVictor Raphael, Edu Chagas e Alison Renan

IntérpretesBraguinha, Edu Chagas, Helder, Breno e Ivanete

Número de componentes900

Número de alas16

Número de carros alegóricos04 + 03 tripés

Componentes da bateria100

Porta-bandeiraTayandi Moraes

Mestre-salaEri

Rainha da bateriaCarol Castelo

Mestre de bateriaMarcigley Santana

Local de ensaiosrua Marechal Floriano, 195

Colocação em 2019Vice-campeã


Samba-enredo: Como é doce ser criança outra vez

Ciranda cirandinha bate palma um dois três

Como é doce ser criança outra vez


Pirlimpimpim

O encanto da Sininho faz a gente acreditar

Viajar

Pra Terra do Nunca

Imaginar que é a minha Zona Sul


Cintilante céu azul

Matizado de dourado

Aqui tudo é vida e brincadeira

Vou sonhar a noite inteira

Nesse mundo encantado


Bola rola da bolita

Quero ver carambolar

Pegador e pique-cola

Você não vai me pegar

Vivo ou morto na queimada

Não tem como escapar

Bem-te-vi caiu no poço

Tô querendo te beijar


No Reino da Fantasia

Solte asas à imaginação

Ser uma princesa ou mocinho

Tudo vale nesse jogo de ilusão


Fazer o próprio brinquedo

Era a grande diversão

Com uma meia viro craque dos gramados

E nesse palco sou o astro principal

A Mocidade

Faz do sonho, realidade

A pureza da infância invade a cidade

Pra alegria do meu carnaval

PUBLICIDADE