PUBLICIDADE

Mais quatro quadras do bairro Popular Velha recebem drenagem e asfalto

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 04 de Fevereiro de 2020

Renê Marcio Carneiro/PMC

Moradores esperam por melhorias após conclusão do serviço

Mais quatro quadras do bairro Popular Velha estão recebendo pavimentação asfáltica e drenagem. A Prefeitura está iniciando os serviços nas ruas João Afonso e Quinze de Novembro. O prefeito Marcelo Iunes esteve no canteiro de obras na manhã desta terça-feira, 04 de fevereiro.

“O serviço vai beneficiar essas quatro quadras. Nosso trabalho visa dar maior qualidade de vida para nossa população. Isso valoriza o cidadão”, disse Iunes. “Trabalhamos projetos viáveis e com qualidade que estão se transformando em realidade em todas as partes de Corumbá”, completou o chefe do Executivo corumbaense. Por toda a cidade, a Prefeitura vem executando obras de drenagem, asfalto, lajotamento, recapeamento e requalificação de vias.

Os moradores já vislumbram melhoria na qualidade de vida após a finalização dos serviços. “O asfalto para nós é uma maravilha. Tem muitos anos que a gente espera por isso. Quando chove é lama, época de seca é poeira. Agora beneficiou muito e valorizou”, disse Marcio Ibarra Ramos.

Renê Marcio Carneiro/PMC

Prefeito Marcelo Iunes esteve no canteiro de obras

“É um grande benefício aqui na nossa rua, chegou o asfalto. Infelizmente a chuva não está deixando concluir, mas vai dar certo”, afirmou José Henrique Moreno. Para Benivaldo Martins, a pavimentação vai valorizar a região. “É uma coisa boa para nós aqui do bairro. Precisávamos desse asfalto. Vai fazer muita diferença e vai ficar muito melhor”, afirmou.

O Fonplata

O Município vai receber um total de 40 milhões de dólares do financiamento disponibilizado pelo Fonplata. Outros US$ 40 milhões, como contrapartida estabelecida pela parceria do Município e do Governo do Estado.

São cinco anos para execução total do projeto. Corumbá terá cinco anos de carência para iniciar o pagamento do financiamento, que deve ser quitado num período de 13 anos. Ao todo, o Município terá 18 anos para pagar o empréstimo de US$ 40 milhões contraído com o Fonplata.

São diversas ações voltadas para o desenvolvimento de áreas de recreação e descanso, infraestrutura de vias e drenagem, recuperação do patrimônio histórico e fomento do turismo.

PUBLICIDADE