PUBLICIDADE

Família já acionou todos os meios de buscas e continua sem notícias de piloto do MT

Leonardo Cabral em 25 de Julho de 2019

Arquivo familiar

Foto é uma das mais recentes do piloto

Vinte e dois dias de angústia e desespero. Esse é o sentimento da família do piloto Vamir Nogueira Moreira, de 63 anos, visto pela última vez no dia 04 de julho, quando disse que viria para uma fazenda próxima a Corumbá, pilotando um avião.

O filho de Vamir - que tem o mesmo nome do pai - Vamir Nogueira Moreira Filho, diz que a família já fez tudo que poderia ser feito, mas não há nenhuma pista. “Procuramos todos os meios de buscas, Polícia Civil,  Polícia Federal, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a Base Área de Brasília, que nos direcionou para a Base de Curitiba, pois como o destino era Corumbá, essa base poderia nos informar algo, enfim, todos os meios que podíamos recorrer. Agora só aguardamos as investigações e esperamos com fé que ele possa voltar para casa”, afirmou ao Diário Corumbaense.

O piloto de Mato Grosso teria sido contratado para fazer um serviço na região de Corumbá, e junto com um mecânico, que estava levando algumas peças, teria partido em direção a cidade pantaneira, pois até onde foi informado à família, havia um avião quebrado nessa localidade. 

Divulgação

Vamir é piloto agrícola há 35 anos e seu nome consta na lista de desaparecidos da Polícia em MT

“Não sabemos se isso é verdade, pois as pessoas que estavam no hangar relataram isso e depois disseram outra coisa. O rapaz que abasteceu o avião nos informou o prefixo da aeronave e a última vez que o meu pai entrou em contato com a gente foi no dia 04 de julho”, relatou Vamir Filho, que depois recebeu relatos de que o mecânico não estava no avião. A família, então, registrou boletim de ocorrência do desaparecimento.

Vamir é piloto agrícola há 35 anos, no entanto, como está no período da entressafra, ele estava fazendo trabalhos extras. O caso também foi registrado no Setor de Desaparecidos da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Quem souber de alguma informação, pode entrar em contato pelos telefones: (65) 99981-5828 (Vamir Filho) e (66) 99672-3092 (Bruno Chico).

PUBLICIDADE