PUBLICIDADE

Traficante mais procurado na Bolívia e foragido da Justiça brasileira, se entrega à Polícia

Leonardo Cabral em 12 de Maio de 2019

Reprodução/ Clave 300

Pedro se entregou à Polícia Boliviana após dias de buscas

Um dos narcotraficantes mais procurados, o boliviano, Pedro Montenegro Paz, se entregou à polícia da Bolívia, após dias de buscas. Pedro, que usava o nome falso de Pedro Hoffman Sainz, é foragido da Justiça brasileira que também deve pedir sua extradição para cumprir pena por tráfico internacional de drogas.

A Polícia Boliviana procurava o narcotraficante mais procurado do país andino. Porém, Pedro resolveu se entregar no sábado, 11 de maio, e foi apresentado durante coletiva de imprensa, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, pelas autoridades. Na oportunidade, eles afirmaram que a Justiça do Brasil já pediu a extradição do estrangeiro.

Aqui, Pedro é procurado desde 2015, por causa do envio de 1,3 tonelada de droga para a Europa, e aparentemente viveu desde 2009 na Bolívia com identidade falsa.

As ações para capturar o narcotraficante provocaram uma séria reestruturação policial, com medidas como a substituição de cerca de 150 agentes da Força Especial de Luta Contra o Crime de Santa Cruz de La Sierra, incluindo detenção de autoridades, como ex-diretor da FELCC, Gonzalo Medina, entre outros chefes de polícia, apontados por terem vínculos com o traficante.

Barreiras policiais foram articuladas nas últimas semanas, com reforço de militares bolivianos, em vias, como a estrada Bioceânica, que liga o país com a fronteira com Corumbá, pois informações davam conta de que o traficante poderia tentar fugir para o Brasil ou para a Argentina. Com informações El Deber e Clave 300.

PUBLICIDADE