PUBLICIDADE

Corumbá já notificou 150 casos suspeitos de dengue; trabalho conjunto tem sido essencial

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 27 de Março de 2019

Renê Marcio Carneiro/PMC

Reunião com agentes que atuam diretamente nas ruas

A Coordenadoria Estadual de Controle de Vetores esteve em Corumbá esta semana com o objetivo de verificar como está o quadro da dengue no Município e acompanhar as ações realizadas. No período, foram realizadas reuniões com os conselheiros de Saúde, agentes comunitários e agentes de Endemias.

O coordenador estadual, Mauro Luciano Rosário, conta que Corumbá está em uma excelente situação perto dos demais municípios do Estado, devido ao trabalho realizado preventivamente. “O objetivo central dessa visita é conversar com todos os agentes envolvidos, ouvir os técnicos da ponta. Hoje,  Corumbá está no quadro de alerta, se não tivessem feito o trabalho preventivo, a situação estaria muito pior”.

Durante a reunião o secretário de Saúde do Município, Rogério Leite, ressaltou a importância do trabalho conjunto. “Todos são atores da saúde, os agentes comunitários e os agentes de endemias, nós temos que trabalhar juntos para promover a saúde da população, o resultado de hoje é devido ao trabalho de vocês, mas devemos estar sempre vigilantes, para que o quadro não se agrave”.

Para o prefeito, Marcelo Iunes é muito bom poder contar com o apoio do Governo do Estado. “O Estado está sempre nos apoiando na guerra contra o mosquito, semana passada houve uma capacitação para os agentes, e essa semana vieram para nos ouvir. Estamos unidos trabalhando, mas a população não pode esquecer de manter seus quintais limpos, pois é onde existe a maior incidência dos focos”.

Somente este ano, Corumbá já notificou cerca de 150 pessoas com suspeita de dengue. Os bairros com maior incidência do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti, são Centro América, Cravo Vermelho, Cristo Redentor, Arthur Marinho e Popular Nova, porém não são todos casos confirmados, pois o exame da dengue só pode ser colhido após 7 dias da suspeita, para não ocorrer um resultado de “falso negativo”.

A Secretaria de Saúde de Corumbá disponibiliza telefones para moradores denunciarem locais com possíveis focos. O anonimato é garantido. Ligue 0800 647 2255 / 0800 647 2109 / 3233-2783. 

PUBLICIDADE