PUBLICIDADE

Reinaldo agradece população e diz que fará ações para enxugar a máquina

Campo Grande News em 28 de Outubro de 2018

Paulo Francis/CG News

Reinaldo agradeceu eleitores, que segundo ele entenderam necessidade de medidas duras

Reeleito governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) agradeceu aos eleitores pela vitória nas urnas neste domingo (28), a qual creditou ao trabalho realizado nos três anos e dez meses do primeiro mandato. Além de ressaltar as “medidas duras” que teve de tomar, ele ressaltou que, após concluir o atual mandato, vai “trabalhar dobrado” na nova gestão em 2019, para a qual prevê mudanças que visam “enxugar a máquina”.

Reinaldo falou com jornalistas de sua residência, no Jardim dos Estados – em Campo Grande – momentos depois de a Justiça Eleitoral confirmar sua vitória contra Odilon de Oliveira (PDT). Ele agradeceu aos sul-mato-grossenses pelo resultado nas urnas. “O sentimento é de gratidão à população. Tive de adotar medidas duras no Estado, mas a população reconheceu o trabalho. Prova disso é que continuo com a reeleição”.

Segundo o tucano, sua campanha teve se de defender de atos de denuncismo, “com uma operação poucos dias antes do primeiro turno”, referência à Operação Vostok, que apurou irregularidades na concessão de incentivos fiscais no Estado.

Próximos passos

Reinaldo afirma que terá “quatro anos de muito trabalho” e confirmou que pretende tomar ações que visem “enxugar a máquina”. Ele não deu detalhes sobre que mudanças poderá realizar, mas previu “caras novas no novo governo, mas sou muito agradecido à equipe até aqui”.

O governador reeleito afirmou esperar que os próximos quatro anos sejam melhores na economia – a crise enfrentada nos últimos anos foi uma das tônicas da campanha, apontando que o Estado não enfrentou problemas como atraso de salários ou adiamento de obras –, porém, destacou que, antes das futuras ações, “vou terminar o primeiro ciclo, este mandato, no qual vamos focar na regionalização da saúde”.

Comemoração

Reinaldo recebeu vários apoiadores em sua residência, como o senador eleito Nelsinho Trad (PTB), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) e o deputado estadual eleito Coronel David (PSL). Durante a comemoração, porém, interrompeu algumas vezes para saber os resultados da nacional. Informado sobre a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) com 55% dos votos na corrida pela Presidência da República, demonstrou satisfação.

PUBLICIDADE