Governo do Estado vai premiar policiais militares por produtividade

Campo Grande News em 17 de Outubro de 2017

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul vai premiar policiais de acordo com sua produtividade com bonificações que vão de elogio, cancelamento de punição, até dispensa de serviço. A previsão está no decreto publicado nesta terça-feira, dia 17, no Diário Oficial do Estado e estabelece o "programa de meritocracia funcional". "Considerando a necessidade de valorar e motivar os policiais militares, a melhor desempenhar as suas funções com esmero, comprometimento e dedicação", traz o documento.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Governo estabeleceu o "programa de meritocracia funcional".

O programa terá três fases durante o ano, que são informações repassadas pela chefia imediata do policial a cada mês com a pontuação; a nível do Grande Comando, que, com critérios próprios, poderá organizar formatura sob suas responsabilidades e, por fim, o Comando Geral, que até 15 de dezembro, vai premiar o "policial destaque do ano", além de outras homenagens à tropa e equipe mais bem pontuada.

A portaria traz a pontuação de cada atividade por "horas empenhadas" e o tipo de ação que fizer. Por exemplo, o servidor que apreender arma de fogo de calibre permitido ganha 20 pontos, se for de uso restrito 30.

Apreensão de maconha até 5 kg outros 20 e a partir disto até 10 kg 25 pontos e assim por diante. Prisão em flagrante, recuperação de veículo, flagrante de embriaguez no trânsito e captura de "criminoso" fugitivo em "ambiente hostil". Neste último caso, com a ação concluída, o policial ganha 30 pontos.

No caso da dispensa de serviço, quem ficar no primeiro lugar pode conseguir quatro dias de folga, o segundo três e o terceiro dois dias.

Conforme a legislação, os prêmios serão: dispensa dos serviços; elogio individual/coletivo; indicação de medalhas; condecorações aplicáveis; escolha de unidade que pretender trabalhar; cancelamento de punição mais grave; indicação de serviço destacado de apoio policial militar remunerado com diárias e ainda "serem sugeridas outras formas de recompensa em parceria a ser firmada".

Participam deste programa todos policiais militateres, podendo ser estendida aos oficiais, desde que estes não estejam em cargos de chefia.

PUBLICIDADE