PUBLICIDADE

PF deflagra operação após apreensão de droga na fronteira de Corumbá com a Bolívia

Leonardo Cabral em 20 de Janeiro de 2022

Divulgação/ PF

Mandados foram cumpridos em Campo Grande

Um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, foram cumpridos em Campo Grande pela Polícia Federal, durante operação contra o tráfico transnacional de drogas.

A operação “Rastro”, iniciou após a prisão de um homem e apreensão de um menor infrator, flagrados com 900 gramas de pasta base de cocaína, na "trilha do Gaúcho", na fronteira da Bolívia com Corumbá, em janeiro de 2021.

As investigações apuram um suposto esquema de tráfico transnacional de droga, por meio de trilhas clandestinas que ligam o Brasil e a Bolívia. 

Rastros

A identificação das pessoas em torno do fato somente foi possível por meio dos rastros (pistas) deixados pelos envolvidos. Assim, foi possível identificar quem seria o responsável pela coordenação da compra da droga e logística de transporte da Bolívia para o Brasil.

A operação foi batizada de “Rastro” em referência tanto à língua espanhola, na qual “Rastro" significa “trilha”, quanto à língua portuguesa, na qual “rastro” pode significar “pistas”.

A PF informou que o mandado de prisão cumprido hoje, na Capital, é de um homem de 21 anos. Ele já havia sido preso em flagrante em Aquidauana, no início do ano passado, com 3 kg de pasta base de cocaína, proveniente da Bolívia e cujo destino também seria Campo Grande.

(matéria editada para atualização de informação).

PUBLICIDADE