PUBLICIDADE

Julho registra queda de mais de 50% de casos e óbitos por coronavírus em relação a junho

Portal de Notícias do Governo de MS em 02 de Agosto de 2021

Saul Schramm/Governo do Estado

Mesmo com números positivos, SES alerta para manutenção das medidas de prevenção

O avanço da vacinação vem impactando nos números oficiais da covid-19 em Mato Grosso do Sul. Indicadores importantes como casos, óbitos, internações e taxa de contágio têm apresentado estabilidade nas últimas semanas. 

O fechamento dos dois últimos meses mostra uma diferença de mais de 50% para casos e também óbitos no Estado. O mês de julho de 2021 encerrou com registro de 645 óbitos no Estado. No comparativo com o mês anterior, que teve 1.312 mortes pela doença e foi o segundo mais letal de toda pandemia, a redução foi de 50,8%.

Com relação aos casos confirmados, julho teve 20.551 registros, enquanto junho detém o recorde de casos confirmados de toda a pandemia com 44.686. A queda de positivados de um mês para o outro foi de 54%. 

A secretária adjunta da SES, Crhistinne Maymonne destacou a queda nas internações entre leitos clínicos de UTI. "Tivemos redução de 32,2%. Passamos no dia 30 de junho de 842 para o dia 31 de julho a 571".

O secretário de saúde, Geraldo Resende foi cauteloso e afirmou que são números positivos, mas que a pandemia ainda não foi vencida. "É preciso muito cuidado, principalmente nas notícias que vêm de todas as partes do mundo. Hoje pela manhã mesmo, estava escutando em uma grande emissora nacional falando da decisão do governo chinês de confinar milhões de chineses, tendo em vista a variante Delta que está muito presente na China, e com números expressivos de casos. E nós estamos atentos a essa situação", declarou reforçando a importância da população se imunizar. 

Reprodução

Vacinômetro do Portal MS

Conforme a última atualização do Vacinômetro, foram aplicadas 2.339.017 doses de vacina em Mato Grosso do Sul. Sendo o percentual da população do Estado com esquema vacinal completo de 33,23% até às 09h32 desta segunda-feira (02).

Balanço parcial divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), sobre a vacinação nos 13 municípios da região de fronteira que imunizou 94.215 pessoas com a vacina Janssen, já apontava redução de novos casos em comparação aos municípios que não participaram do estudo. 

PUBLICIDADE