PUBLICIDADE

Fiscal da Vigilância Sanitária leva soco no rosto durante abordagem em frente de bar

Leonardo Cabral em 25 de Julho de 2021

Homem de 33 anos, que é fiscal da Vigilância Sanitária e atua na fiscalização de combate à covid-19, em Corumbá, juntamente com equipes da Posturas, Guarda Municipal, Agetrat e Polícia Militar, foi agredido com um soco no rosto. O golpe foi dado por um homem de 44 anos, durante fiscalização em um bar que fica na rua Teodomiro Serra, bairro Popular Velha, por volta das 22h40, de sábado (24).

Conforme o boletim de ocorrência, 2592/2021, o bar estava de portas fechadas, porém, ainda haviam pessoas em frente ao estabelecimento. Já no horário do toque de recolher (das 22h às 05h), a fiscalização orientou quem permanecia para que fosse embora para casa. No entanto, homem de 55 anos, teria ficado irritado e dizia que outros locais não sofriam a mesma fiscalização, incitando as pessoas contra as equipes.

Após discussões e empurrões entre os frequentadores incluindo o conduzido, ele foi levado embora, pois é morador da proximidade. As equipes se preparavam para iniciar o deslocamento, quando o homem retornou filmando e dizendo: "vai multar porra nenhuma", se referindo ao fiscal de vigilância sanitária, que também filma as abordagens. O homem tentou tomar o celular do fiscal.

Neste momento ele foi abordado, quando então, o autor, de 44 anos, chegou e deu um soco, atingindo o rosto do lado direito do fiscal, que estava de óculos de grau. Os demais componentes das equipes, percebendo a agressão, foram em direção dos autores para imobilizá-los.

Os envolvidos e fiscais chegaram a rolar uma escadaria, sendo necessário uso da força e algemas. Os dois homens foram levados por viatura da Força Tática da Polícia Militar para a Delegacia de Polícia Civil, onde o boletim de ocorrência foi registrado como lesão corporal dolosa e infração de medida sanitária preventiva.

PUBLICIDADE