PUBLICIDADE

Sejusp descarta fuga de assassino de Goiás para MS, mas mantém alerta

Campo Grande News em 17 de Junho de 2021

Divulgação

Lázaro Barbosa em imagem divulgada pela polícia

Ainda que as autoridades de segurança acreditem que Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, esteja cercado numa área de mata na região de Cocalzinho de Goiás, em fuga que já entra no oitavo dia, a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul) informou que acompanha o caso e que equipes estão alertadas, principalmente as responsáveis pelo policiamento da região de fronteira com Bolívia e Paraguai.

“Até o momento não se tem notícia de que o foragido tenho vindo para cá, ou que passaria por aqui para chegar ao Paraguai Bolívia”, ressalvou a secretaria em resposta à pergunta da reportagem.

O Estado, é bom registrar, é caminho frequente para foragidos. Um deles, Paulo Cupertino, que matou o ator Rafael Miguel, dois anos atrás, até hoje segue foragido. Ele chegou a morar tranquilamente em Mato Grosso do Sul, no município de Eldorado.

A região onde Lázaro está cercado fica a mais 600 km da divisa de Goiás com Mato Grosso do Sul.

No Estado de Goiás, a Secretaria de Segurança Pública está com efetivo de mais de 200 homens para a caçada a Lázaro. Ele é suspeito de cometer um quádruplo latrocínio em Ceilândia, no DF, e um quinto em Goiás. Considerado de alta periculosidade, é investigado ainda por balear outras três pessoas, no último sábado (12), em Cocalzinho de Goiás.

Lázaro já tem condenação por homicídio, no Estado da Bahia, além de ser procurado no DF e em Goiás por crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo.

PUBLICIDADE