PUBLICIDADE

Homem é preso com mudas de plantas raras que seriam levadas para a Bolívia

Leonardo Cabral em 15 de Abril de 2021

Divulgação/Polícia Federal

Homem foi preso no Acre, mas usaria Corumbá como rota para levar as mudas até a Bolívia

Homem que usaria Corumbá como rota para chegar até a Bolívia e depois Rio Branco/Acre, transportando mudas de plantas raras e em extinção, foi preso pela Polícia Federal. A ação teve apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Com o autor, a PF, que foi acionada pelo Ibama de Campo Grande, apreendeu 28 mudas de antúrios (Philodendron spiritus-sanci), espécie nativa e endêmica do estado do Espírito Santo. Conforme a denúncia, na quarta-feira (14), o suspeito alugaria um veículo para se deslocar até Corumbá, onde encontraria uma mulher que lhe daria suporte para transportar as mudas de barco pelo rio Paraguai até a Bolívia.

De imediato foram realizadas diligências, mas o homem foi localizado em um voo com destino a Rio Branco/AC, já que a fronteira do Brasil/Bolívia, entre as cidades de Corumbá e Puerto Quijarro e Puerto Suárez,  está bloqueada, seguindo decreto do governo boliviano que determinou o fechamento das fronteiras com o Brasil.

Com o apoio da Polícia Federal no Acre, o indivíduo foi abordado no aeroporto de Rio Branco, onde desembarcou. Em sua bagagem foram encontradas as 28 mudas de antúrios.

Divulgação/Polícia Federal

As plantas apreendidas foram levadas para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro

A espécie nativa e endêmica, por ser uma planta extremamente restrita, tem sido alvo de muitos colecionadores de plantas ornamentais gerando grande procura.

O preso foi atuado em flagrante pela prática do crime previsto no art. 38-A, com causa de aumento de pena prevista no art. 53, inciso II, alínea c, da Lei nº 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

Ele informou aos policiais que o plano era seguir com as plantas até a Bolívia e que retornaria com cerca de 40 mil dólares, pouco mais de 220 mil reais. As plantas apreendidas foram encaminhas para o Jardim Botânico, no Rio de Janeiro/RJ.

Valor das mudas

O Ibama apurou que cada muda da planta seria vendida no Brasil por R$ 3.500,00, mas esse valor é muito maior em outros países, como a Bolívia.

PUBLICIDADE