PUBLICIDADE

PM recebe denúncia e apreende mais de 87 kg de pasta base de cocaína

Rosana Nunes em 13 de Abril de 2021

Divulgação/PM

Tabletes de cocaína apreendidos durante ação da PM

Equipes do Getam (Grupamento Especializado Tático de Motos) e da Força Tática da Polícia Militar, apreenderam grande quantidade de pasta base de cocaína, arma, munições e dinheiro, durante checagem de denúncia, nesta terça-feira, 13 de abril. 

De acordo com a assessoria de comunicação do 6º BPM, os policiais foram até a rua Bernardino Alves Couto, na região do Guanã, parte alta de Corumbá, onde indivíduos, que usavam tornozeleira eletrônica, estavam em uma casa em atitude suspeita. 

Por volta das 08h45, a equipe abordou indivíduo de 18 anos que havia saído da residência. Na mochila que ele carregava, estavam três tabletes da droga. Ele acabou contando que estava guardando o entorpecente para um "conhecido", e que havia mais droga dentro da casa. 

A equipe da Força Tática também chegou ao local da ocorrência e durante a revista, os PMs encontraram mais 83 tabletes de pasta base dentro de um sofá. Já no interior de uma caixa de ferramentas, estavam 22 munições .44 e .357. O autor voltou a dizer que não era proprietário da droga e das munições, que somente guardava para outra pessoa. 

Divulgação/PM

Munições, dinheiro e arma também apreendidos

Enquanto a PM realizava a apreensão, chegou ao local, em um carro, outro indivíduo, de 24 anos. Ele foi revistado e não portava nada de ilícito. Mas, ele confessou que tinha ido buscar entorpecente. Neste momento, um dos abordados avistou o veículo que seria do proprietário da pasta base. 

Os policiais militares conseguiram interceptar o carro, onde estavam três homens. Com um deles, havia uma quantia em dinheiro (real e moeda boliviana). Todos foram presos e a PM ainda apreendeu na mesma casa,  uma arma de fogo de uso restrito, calibre .12. 

A droga teve peso total de 87 quilos e 300 gramas. Todos os envolvidos (entre eles um boliviano) e o entorpecente foram levados para a Delegacia da Polícia Federal para o flagrante de tráfico de drogas.

PUBLICIDADE