PUBLICIDADE

Preso em Três Lagoas acusado de matar a facadas homem cego em Ladário

Leonardo Cabral em 05 de Março de 2021

Divulgação/Polícia Civil de Ladário

Homem estava trabalhando na zona rural de Três Lagoas

Antonio João Tomicha Nunes, de 40 anos, foi preso nesta sexta-feira, 05 de março, em ação conjunta do Setor de Investigação Geral da Polícia Civil de Ladário e Três Lagoas. Ele é acusado de ter esfaqueado, Revanil de Campo Leite, de 43 anos, no bairro Boa Esperança, na cidade ladarense, no dia 06 de setembro de 2020. Após quatro dias internado, a vítima morreu.

Revanil, que era vizinho do suspeito, tinha a saúde bastante debilitada, era portador de diabetes, tinha insuficiência renal crônica e era cego. Depois de investigações, a Polícia Civil chegou a Antonio, que estava em Três Lagoas, trabalhando na zona rural.

Tomicha chegou a se apresentar à Polícia dois dias depois do fato, conforme é relatado no boletim de ocorrência 3121/2021, o qual o Diário Corumbaense teve acesso. Ele prestou depoimento e mostrou interesse em "colaborar" com as investigações.

Depois que a vítima morreu, ele fugiu. O homem foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado, que tem pena de 12 a 30 anos de reclusão, e aguardará preso na cidade de Três Lagoas.

O esfaqueamento

Na época do crime, a filha de Revanil informou que o pai estava em sua casa, deitado, no bairro Boa Esperança, quando por volta das 20h, do dia 06 de setembro de 2020, um domingo, foi atingido por golpes de faca desferidos por Antonio.

A vítima foi ferida na região do abdômen e nas costas, de raspão. Ele foi socorrido e levado para a Santa Casa de Corumbá, mas não resistiu e morreu quatro dias depois. 

PUBLICIDADE