PUBLICIDADE

Ação conjunta apreende motocicletas com escapamento irregular

Leonardo Cabral em 29 de Novembro de 2020

Divulgação/PM

Motos irregulares e documentação atrasada foram apreendidas na noite de ontem

Operação de fiscalização de trânsito realizada na noite de sábado (28), pela Polícia Militar e Agência de Trânsito e Transporte (Agetrat), abordou cerca de 250 veículos em diversos pontos de Corumbá. 

A ação teve início às 22h, com os agentes de trânsitos e policiais militares, fazendo abordagens na região do Porto Geral, onde se concentra um grande número de pessoas durante o final de semana. As abordagens e autuações também aconteceram na Avenida General Rondon e foram finalizadas na Pista de Treinamento de candidatos a habilitação, atrás do Ginásio Poliesportivo, na Esplanada da Nob.

Motocicletas foram removidas ao pátio do Detran por estarem com descarga livre no escapamento, que é quando o escape está apenas com um cano, sem nenhuma espécie de abafador ou silenciador, aumentando ainda mais o ruído do escapamento, causando perturbação ao sossego público.

Foram abordadas e apreendidas 16 motocicletas com irregularidades na documentação de porte obrigatório, dentre elas algumas com adulteração nas caraterísticas originais; 35 notificações de trânsito; 25 notificações de descumprimento do toque de recolher (que vai da meia-noite às 05h), e 330 pessoas foram abordadas.

Equipes de Fiscalização de Posturas, Sanitária, Serviço de Inspeção Municipal, Guarda Municipal, Agência Municipal de Trânsito (Agetrat), Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Corumbá), também integraram a intensa fiscalização no intuito de cumprimento do toque de recolher, que ainda vigora na cidade, por meio de decreto municipal e dispersar aglomerações. 

Infrações

A infração por conduzir veículo com licenciamento vencido é de natureza gravíssima, soma 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação do proprietário e o valor da multa chega a R$ 293,47.

No caso de conduzir motocicleta com descarga livre, a infração é de natureza média, além de 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação e pagamento de R$ 127,96 em multa.

Divulgação/PM

Blitz aconteceu na região do Porto, Avenida General Rondon e na pista de treinamento para habilitação

Além das infrações já informadas, alguns condutores foram autuados por dirigir sem CNH (carteira de habilitação) e também por usar no veículo equipamento com som em volume ou frequência que não sejam autorizados pelo Contran, cuja infração é de natureza grave.

As operações vão prosseguir, segundo informou a Polícia Militar. 

Comentários:

Daniel lima: Em Ladário a população não têm sossego com motos barulhentas e carros em som alto. É comum, diariamente, isso acontecer. Peço as autoridades uma atenção na Rua. Riachuelo.

José Mendes: Todo mundo fala do "novo" após pandemia. Mas a galera não muda nem a educação. Não acredito que algo vai mudar. Aqui na cidade está uma sujeira e onde concentra esse povo da motoca está uma imundície. Não acredito que teremos mudanças realmente.

Helmut Martines da Silva: PARABÉNS às nossas polícias. E que esse trabalho e outros de verificação quanto a documentação, irregularidades e checagem de documentos sejam mais frequentes e com isso tirem de circulação veículos e pessoas com irregularidades ou pendências com a justiça.

Denise Santos: Até que enfim tomaram providências quanto a esses motoqueiros sem noção , pra que esse barulho ensurdecedor nessas motos, eles mesmos irão ficar com problema auditivos. Parabéns a fiscalização.

PUBLICIDADE