PUBLICIDADE

Homem quase agride a mãe de 92 anos por causa do volume de som

Leonardo Cabral em 28 de Setembro de 2020

Por causa do volume do som alto, idosa de 92 anos quase foi agredida pelo filho de 47 anos, na tarde de domingo, 27 de setembro. Mas, ele a agrediu verbalmente.

A idosa estava em casa, no bairro Cristo Redentor, quando o filho, que estava fazendo uso de bebida alcoólica, ligou o som e colocou no último volume. Incomodada, ela pediu para que diminuísse, porem, o homem não gostou e disse: “cala a boca”.

O irmão do acusado entrou na discussão para defender a mãe. Uma viatura da Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local, encontrou o autor com algumas lesões causadas quando parentes o seguraram para que  não agredisse a mãe. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil por violência doméstica e perturbação da tranquilidade. 

Comentários:

Jorge Lobo: Onde já se viu isso, covarde, a população de Corumbá é muito boa, por isso não tem linchamento.

PUBLICIDADE