PUBLICIDADE

Durante confraternização familiar, rapaz é esfaqueado por "desafeto"

Leonardo Cabral em 25 de Maio de 2020

Rapaz de 23 anos foi levado à Unidade de Pronto Atendimento 24h, depois de ter sido esfaqueado por homem de 40 anos. O fato ocorreu durante confraternização familiar (o que fere decreto municipal que proíbe festas e aglomeração como medida de prevenção ao novo coronavírus), realizada na região central, por volta das 16h15, de domingo, 24 de maio.

Conforme o boletim de ocorrência nº 1873/2020, o irmão da vítima relatou que ele estava na confraternização, quando em determinado momento, foi surpreendido pelo autor. Ambos entraram em luta corporal e começaram a arremessar pedras um contra o outro.

Logo depois, o acusado pegou uma faca e golpeou a vítima, atingindo-o no braço esquerdo. Ele foi socorrido por testemunhas e levado à UPA.

O irmão do rapaz disse à equipe da Polícia Militar que atendeu a ocorrências, que não sabia o motivo da briga, mas eles têm desavença há muito tempo.

A equipe policial ainda realizou rondas pela área, na tentativa de encontrar o acusado, que fugiu depois da briga, mas não o localizou. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, na Delegacia de Polícia Civil.

PUBLICIDADE