PUBLICIDADE

PRF prende família paraguaia que transportava mais de 56 quilos de droga

Rosana Nunes em 17 de Novembro de 2019

Divulgação/PRF

Droga estava dividida em tabletes e pesou mais de 56 quilos

Mais de 56 quilos de cocaína e pasta base da droga foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal, no Posto Guaicurus, na BR-262, próximo a Miranda. O flagrante foi na tarde de sábado (16). 

Três pessoas, de nacionalidade paraguaia, viajavam em um veículo Dodge Journey, cor prata, placas do Paraguai, sentido Corumbá - Campo Grande. O carro era conduzido por homem de 53 anos, que estava acompanhado da esposa, de 44 anos, e do filho, de 23 anos. 

Ao ser abordado, o trio demonstrou nervosismo e deu respostas contraditórias sobre o motivo da viagem. Os agentes da PRF fizeram vistoria minuciosa no veículo e acabaram encontrando "mocós", que são compartimentos preparados para o transporte de droga. 

Os policiais apreenderam 46,6 quilos de cocaína, distribuídos em 42 tabletes e mais 9,6 quilos de pasta base em 18 tabletes. 

Divulgação/PRF

Agentes da PRF encontraram entorpecente em compartimentos ocultos, os chamados "mocós"

Os paraguaios não demonstraram nenhuma surpresa quando o entorpecente foi encontrado. O motorista contou que eles moram na cidade de Presidente Franco (Paraguai) e estava com a mulher e o filho há 45 dias em Santa Cruz de La Sierra, Bolívia. Neste período, eles ficaram hospedados em um hotel e na segunda-feira passada, um homem pegou o carro para "preparar" o entorpecente e o trio seguir viagem de volta ao Paraguai.

Pelo "serviço", a família receberia R$ 3 mil. O paraguaio ainda confessou que esta era a terceira viagem que  fazia transportando entorpecente. Os três foram presos em flagrante, acusados de tráfico de drogas, associação ao tráfico e foram levados para a Polícia Federal de Campo Grande.

Se condenados judicialmente, cada um pode pegar pena de 5 a 15 anos de prisão. 

PUBLICIDADE