PUBLICIDADE

Bolivianos são presos com 146,7 kg de cocaína escondidos em "mocó eletrônico"

Leonardo Cabral em 08 de Outubro de 2019

Reprodução vídeo enviado pela PRF

A droga estava escondida em compartimento popularmente conhecido como "mocó eletrônico"

Dois bolivianos de 38 e 28 anos de idade, foram presos por tráfico de drogas, às 22h30 de segunda-feira, 07 de outubro, durante barreira de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 602 da BR-262, em Miranda. Eles seguiam em um semirreboque, que estava carregado com sucata proveniente de Santa Cruz de La Sierra – Bolívia, com destino à Piracicaba - SP.

Ao serem abordados, os ocupantes do veículo com placas bolivianas, demonstraram nervosismo. Na revista no interior dos compartimentos estruturais do veículo de carga formado pelo cavalo-trator e semirreboque, os agentes da PRF encontraram um compartimento preparado para o transporte de ilícitos no interior da cabine, acionado por comandos eletrônicos, popularmente conhecido como "mocó eletrônico".

Foram encontrados 121 tabletes de cloridrato de cocaína, totalizando uma quantia aproximada de 126,7 quilos, e 21 tabletes contendo  pasta base de cocaína, totalizando cerca de 20 kg da droga.

O condutor da carreta afirmou que não sabia da existência da droga; já o passageiro alegou que viu a droga ser colocada no "mocó", porém não sabia da quantidade, do destino, nem quais os "procedimentos".

Mais uma vez questionados, os estrangeiros não informaram quanto receberiam pelo transporte do entorpecente, afirmando que recebem apenas o salário pago mensalmente pelo patrão. Os dois foram levados para a Delegacia de Polícia Federal de Campo Grande.

PUBLICIDADE