PUBLICIDADE

Coxim lidera ranking nacional e bate recorde de calor em setembro

Campo Grande News em 15 de Setembro de 2019

PC de Souza/Edição MS

Coxim teve máxima de 43,3ºC no sábado, maior temperatura do Brasil

Na reta final do inverno, Mato Grosso do Sul bate recorde de calor neste mês de setembro. No sábado (dia 14), Coxim, a 260 km de Campo Grande, registrou temperatura de 42,3ºC, liderando o ranking brasileiro divulgado pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

O desempenho do município no quesito calorão resultou na quebra de dois recordes. Até então, o inverno mais quente havia sido em 2010, quando os termômetros de Coxim atingiram 42°C em setembro.

O recorde de temperatura de 2019 também foi superado. A maior marca tinha sido registrada no mês de janeiro pelo Inmet: 41,3ºC em Porto Murtinho. No próximo dia 23, chega a Primavera.

Até o fim da tarde de amanhã (dia 16), Mato Grosso do Sul tem alerta de onda de calor em 75 municípios. Conforme o aviso da meteorologia, a temperatura fica até 5ºC acima da média, com leve risco à saúde.

O aviso é válido para Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Caracol, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Figueirão, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Jaraguari, Jardim, Jateí;

Além de Juti, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel do Oeste, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

PUBLICIDADE