PUBLICIDADE

Homem é detido após manter garota nua e presa em quarto por 14 dias

Campo Grande News em 04 de Setembro de 2019

Divulgação/Polícia Militar

Vendedor foi preso e vai responder por vários crimes

A Polícia Militar prendeu ontem um homem, de 31 anos, que manteve uma adolescente, de 17 anos, presa por 14 dias no quarto de uma residência da Travessa W, no Jardim Alvorada, em Coxim, cidade distante 260 quilômetros de Campo Grande. Ele ameaçava divulgar vídeos íntimos dos dois mantendo relação sexual para forçar a vítima a não fugir da casa dele. O vendedor será indiciado por quatro crimes: sequestro, cárcere privado, lesão corporal, ameaça, estupro e injúria. 

Conforme a delegada Sandra Regina Simão de Brito Araújo, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, o suspeito mantinha relacionamento com a adolescente. No dia 27 de agosto, o pais da vítima registraram boletim de ocorrência por abandono familiar, pois a garota havia saído de casa no dia 21 e até então não havia voltado. Familiares desconfiavam que ela estivesse com o homem, mas toda vez que iam no local não a encontravam. 

Segundo a delegada, durante o tempo que foi mantida em cárcere na casa, a vítima sofreu violência sexual, violência psicológica e física. "Ela até conseguia sair para ir ao mercado, mas com o consentimento dele. Ele a ameaçava dizendo que se caso fugisse, iria divulgar vídeo íntimo dos dois", disse. 

Ontem, a vítima conseguiu pedir socorro para uma amiga que entrou em contato com os pais da adolescente. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local encontrou a garota com várias lesões e nua. Em depoimento, o vendedor negou o crime e disse que tudo foi consentido e que as lesões encontradas no corpo da mulher foi durante o ato sexual. A vítima passou por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal). 

O vendedor é usuário de drogas e já tem passagem por pertubação de sossego registrado pela ex-mulher. 

PUBLICIDADE