PUBLICIDADE

Polícia de SP procura assassino de ator em MS, mas não emitiu alerta

Campo Grande News em 22 de Junho de 2019

Polícia Civil de SP/Divulgação

Polícia fez simulação de possíveis disfarces usados por Paulo Cupertino para fugir após matar ator e os pais dele

A imprensa nacional divulgou nesta semana que o comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, assassino do ator Rafael Miguel, do SBT, e dos pais dele, está sendo procurado em Mato Grosso do Sul e outros cinco Estados. A polícia do Estado, contudo, não recebeu nenhum tipo de alerta.

Cupertino já tem mandado de prisão expedido pela Justiça. Fonte da polícia explicou à reportagem que nestes casos a informação consta em banco de dados nacional. As forças de segurança de Mato Grosso do Sul, contudo, não receberam aviso especial para “caçar” o foragido.

A reportagem conversou com integrantes da Polícia Civil, PRF (Polícia Rodoviária Federal), PM (Polícia Militar) e do GOI (Grupo de Operações e Investigações) e nenhum policial havia recebido orientação para procurar o comerciante. 

O delegado do 98º DP (Jardim Miriam) de São Paulo, Bruno Tessari, disse ao site R7 que recebeu na quarta-feira (19) informação de que Cupertino havia se escondido em Mato Grosso do Sul. A informação também foi divulgada pelo SBT e pelo G1. Ele afirmou ainda que o comerciante está sendo procurado em São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Espirito Santo e Paraná.

Tessari também disse que pediu à Justiça o bloqueio das contas bancárias do foragido, uma forma de dificultar a fuga e forçá-lo a se entregar. Por meio da assessoria de imprensa, a Polícia Civil de São Paulo informou apenas que Cupertino está sendo procurado, mas que por motivos de segurança não informaria em que locais.

Rafael Miguel e os pais dele foram assassinados a tiros no dia 09 de junho. A família foi surpreendida por Cupertino ao chegar na casa da namorada do ator, Isabela Matias, que é filha do comerciante.

PUBLICIDADE