PUBLICIDADE

Dois são presos com 139,8 kg de cocaína e 15,4 kg de "supermaconha" em Corumbá

Leonardo Cabral em 18 de Abril de 2019

Divulgação/ PRF

Droga estava na cabine de carreta, num fundo falso

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na quarta-feira, 17 de abril, 139,8 quilos de cocaína e 15,4 quilos de skunk no km 706 da BR-262, em Corumbá. Toda a droga estava sendo transportada em uma carreta, por um homem de 41 anos. Além disso, um rapaz de 26 anos, foi preso porque servia de "batedor".  

Os agentes da PRF encontraram diversos tabletes de droga em um fundo falso no interior da cabine do veículo. O motorista revelou que pegou a carreta em Campo Grande e viajou até Corumbá, onde ficou hospedado por uma semana enquanto aguardava o fundo falso da cabine ser preparado. Também foi apreendido um aparelho celular que, segundo o envolvido, deveria atender sempre que tocasse.

No entanto, os policiais suspeitaram de que havia um batedor para a carga de entorpecente, momento em que um carro Ford/Fusion, com placas de São José do Rio Preto/SP, que seguia logo à frente do caminhão, foi parado.

Divulgação / PRF

Carreta foi abordada ainda no perímetro de Corumbá na BR-262

Dentro do automóvel estavam o motorista, de 26 anos, a namorada dele, de 18 anos e uma criança, de um ano. Após consulta de informações, os policiais rodoviários federais constataram que o condutor do carro era o verdadeiro proprietário da carreta apreendida. Com ele, foram encontrados dois aparelhos celulares, que tiveram várias ligações apagadas.

A carreta foi apreendida e encaminhada à Receita Federal para a retirada da droga. No total, foram 93,3 quilos de pasta base, 46,5 quilos de cloridrato de cocaína e 15,4 quilos de skunk, droga mais potente que a maconha.

Os dois homens foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal de Corumbá.

PUBLICIDADE