PUBLICIDADE

Brasileiros mortos na Bolívia estavam envolvidos com tráfico de drogas, aponta Polícia

Leonardo Cabral em 06 de Fevereiro de 2019

Reprodução/ El Deber

Brasileiros estava fazendo churrasco quando foram alvejados por disparos de arma de fogo

Márcio Leandro dos Santos, de 33 anos, e Kleber Borges Mezidio, de 41 anos, brasileiros mortos na Bolívia na última semana, foram assassinados por envolvimento com o tráfico de drogas. É o que aponta as investigações da Polícia Boliviana.

Conforme o diretor departamental da Força Especial de Luta Contra o Crime (Felcc), a dupla era procurada pela polícia brasileira pelo mesmo crime, tráfico de drogas. Ambos tinham os nomes incluídos na “difusão vermelha”, da Interpol. Contato com a Polícia Federal, foi feita e conforme Medina, a dupla foi  apontada por envolvimento no tráfico.

Ainda segundo as investigações, Márcio Leandro dos Santos utilizava uma identidade falsa, com o nome de Leandro Tarfur Maya. No dia do crime, os brasileiros estavam fazendo um churrasco quando, dois suspeitos, possivelmente de nacionalidade brasileira, chegaram em uma moto e realizaram os disparos.

Local do crime

O crime aconteceu na semana passada, na cidade boliviana de San Ignácio de Velascos, localizada a 373 km de Puerto Quijarro, cidade que faz fronteira com Corumbá/MS. Os brasileiros estavam morando na cidade e trabalhavam em uma oficina mecânica de maquinário pesado, localizado no bairro Santa Rita, daquele município.

Testemunhas relataram que por volta das 02h, vários disparos de arma de fogo foram ouvidos na região. O município abriga muitos brasileiros, que em sua maioria, são foragidos da Justiça do Brasil. Com informações El Deber e Clave 300. 

PUBLICIDADE