Presa pela PRF transportando cocaína, mulher diz que foi assaltada em Corumbá

Ricardo Albertoni em 12 de Fevereiro de 2018

Divulgação/PRF

Cada uma carregava um pacote com aproximadamente 1,4 quilo de cocaína

Na madrugada desta segunda-feira, 12 de fevereiro, a Polícia Rodoviária Federal prendeu três pessoas, entre elas, dois estrangeiros – angolana (30) e um nigeriano (33) – acusados de tráfico de drogas. A ação aconteceu em Água Clara, quando policiais fiscalizavam um ônibus que faz a linha Campo Grande/MS – Bauru/SP, e perceberam que os três indivíduos, com idades de 20, 30 e 33 anos chamaram a atenção demonstrando nervosismo.

Questionados sobre a viagem, eles deram informações contraditórias, mas nada foi encontrado durante revista nas bagagens. O homem não tinha malas. Desconfiados do comportamento e do nervosismo das mulheres, uma policial realizou busca pessoal em uma sala reservada e constatou que cada uma carregava um pacote com aproximadamente 1,4 quilo de cocaína, totalizando 2,8 quilos da droga.

No total, droga pesou 2,8 quilos

Umas das mulheres informou que o nigeriano que estava viajando com elas mandou que transportassem a droga até São Paulo. Ela disse aos policiais que teria sido assaltada em Corumbá e que aceitou realizar o transporte da droga porque o homem teria dito que arcaria com as despesas da viagem. Relatou ainda que havia peças de roupa em uma de suas malas.

A angolana não respondeu aos questionamentos porque não falava português. Todos foram encaminhados para a Polícia Federal de Três Lagoas e devem responder pelo crime de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico.

Comentários:

enzo martinez: A angolana não fala português?

Redação Diário: Foi o que a PRF informou em sua nota à imprensa.

PUBLICIDADE