PUBLICIDADE

Rastreador ajuda Diprove a localizar moto furtada na Capital e que estava na Bolívia

Leonardo Cabral em 06 de Janeiro de 2022

Enviada ao Diário Corumbaense

Motocicleta foi furtada em Campo Grande no dia 30 de dezembro

Rastreador via satélite permitiu que uma motocicleta NXR160 Bros/Honda, placas QAS 2690, fosse recuperada pela Direção de Investigação e Prevenção ao Roubo de Veículos (Diprove), em uma área próximo à fronteira entre a Bolívia e Corumbá. A moto foi furtada em Campo Grande, no dia 30 de dezembro de 2021, e pertence a um homem de 39 anos.

Ele procurou a Diprove da cidade de Puerto Suárez, para pedir ajuda nas buscas, já que o rastreador  apontava que o veículo estava em território boliviano.

Foram realizadas buscas pelos policiais na área indicada e ela foi encontrada. Segundo o chefe da Diprove Luis Eduardo Suárez López, a motocicleta estava às margens da estrada no entroncamento da comunidade de Salao. "O proprietário esteve aqui no dia 04 de janeiro, denunciando o fato e, desde então, começamos a agir”, falou.

Foi o primeiro veículo recuperado pela Diprove neste ano. Em 2021, aproximadamente seis veículos, entre motos e carros, roubados ou furtados em território brasileiro, foram recuperados na região de fronteira.

“Essa integração entre as policias da Bolívia e do Brasil, nos permite dar uma resposta rápida a esses crimes. Com isso, os veículos são recuperados e em seguida, devolvidos aos proprietários após procedimentos, como a comprovação por meio de documentos tanto dos veículos, como dos próprios responsáveis”, comentou Luis Eduardo Suárez.

O furto

[foto2]O boletim de ocorrência 986/2021, registrado na Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) como furto, o qual o Diário Corumbaense teve acesso, informa o proprietário deixou a moto estacionada na rua Amazonas, esquina com a Pedro Celestino, bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

Porém, quando retornou percebeu que a motocicleta havia sido levada, mencionando que também estava sendo rastreado via satélite e que a última localização, logo após o furto, tinha sido na Avenida Presidente Ernesto Geisel, bairro Amambai.

No entanto, dias depois, o rastreador apontou que a moto estava na Bolívia, fronteira com Corumbá, onde  foi recuperada e devolvida na noite de ontem (05) ao proprietário na ponte que delimita o território entre os dois países.

PUBLICIDADE