PUBLICIDADE

PRF apreendeu mais de 6 toneladas de drogas e recuperou 71 veículos no 2º semestre de 2021

Leonardo Cabral em 05 de Janeiro de 2022

Divulgação/PRF

Maconha, cocaína e skunk foram apreendidos pela PRF no período de 6 meses

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 6,6 toneladas de drogas na região de fronteira com a Bolívia nos últimos seis meses de 2021. É o que informa o balanço referente ao período de 1° de julho a 31 de dezembro divulgado ao Diário Corumbaense.   

A maior quantidade de apreensões foi de maconha. Conforme a PRF, foram 6 mil 131 quilos e 202 gramas apreendidos em Corumbá e Ladário no último semestre do ano passado. Em relação à cocaína, foram 590,8 quilos apreendidos no período. Ainda houve a apreensão de 26 quilos de skunk (droga conhecida como supermaconha).

Das apreensões no período destaca-se a ocorrida em novembro, quando a PRF flagrou 28,3 Kg de cocaína; 850 munições de calibre ponto 762 e 200 de calibre ponto 556. A droga e as munições estavam em um caminhão modelo Iveco Stralis, que tracionava um semirreboque, abordado pela PRF no km 736, da BR-262. Um homem foi preso.     

Outra apreensão foi em setembro, de 25 Kg de cloridrato de cocaína, que estavam em poder de um casal. No veículo, a dupla levava uma criança de cinco anos para tentar enganar os policiais. 

Apreensões de veículos e contrabando 

Divulgação/PRF

Veículos apreendidos num intervalo de dois dias na mesma semana em dezembro

Só no último semestre de 2021, a PRF recuperou 71 veículos. Desse total, 18 carros apresentaram adulteração de chassi. A maioria pertencia a locadoras de outros Estados e tinha como destino a Bolívia.   

Em relação a contrabando e descaminho, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 39.480 maços de cigarros. Também houve a apreensão de 200 litros de combustíveis.

Nos últimos seis meses de 2021, a PRF apreendeu ainda dinheiro, totalizando R$ 61.583,00. 191 pessoas foram presas nesse período na rota que leva às duas cidades pantaneiras. 

Acidentes 

Entre as ocorrências, acidentes com vítimas fatais também foram atendidas pelas equipes da Polícia Rodoviária Federal, no trecho entre Corumbá e Miranda da BR-262. Só em dezembro, quatro pessoas morreram.     

Nesses acidentes, os veículos saíram da pista, colidindo contra árvores que ficam às margens da rodovia.

PUBLICIDADE